Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
Manaus

Metalúrgico é morto com quatro tiros em frente de casa, na Compensa, zona Oeste

Segundo os moradores, o crime teria sido motivado por uma suposta tentativa de assalto realizada por Sérgio Selleck



1.jpg Corpo da vítima foi velado neste sábado por familiares e amigos na Compensa
25/10/2014 às 14:14

O metalúrgico Sérgio Selleck de Freitas Tavares, 23, foi morto com quatro tiros, na noite de sexta-feira (24), na rua Lazar Segal, antiga Rua da Paz, no rip-rap do bairro  Compensa, zona Oeste de Manaus.  A dona de casa Ana Lúcia de Freitas Tavares, mãe de Sérgio, disse que o filho saiu de casa por volta das 21h. Às  22h ela diz ter ouvido disparos de tiros próximo à casa dela, quando abriu a porta e viu Sergio caído tomado por sangue.

Vizinhos, que não quiseram se identificar, disseram que um homem conhecido do bairro, mas que não quiseram informar o nome, com medo de represálias, foi quem deu os tiros em Sérgio. Ainda segundo os moradores, o crime teria sido motivado por uma suposta tentativa de assalto realizada por Sérgio Selleck.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) vai investigar o caso. A suspeita é que o metalúrgico realmente  tenha sido  morto por um morador do bairro  Compensa, que não teve o nome revelado para não atrapalhar  as investigações.

De acordo com a assessoria da Polícia Civil, Sérgio Selleck  ainda foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao Serviço de Pronto-Atendimento  (SPA) Joventina Dias, também na Compensa, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

No site do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM),  o metalúrgico respondia por  quatro processos, entre eles, posse ilegal de arma de fogo, roubo e outro processo pela Lei Maria da Penha.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.