Publicidade
Manaus
CONCILIAÇÃO

Microsoft entra em acordo com ex-funcionários e vai pagar mais de R$ 964 mil

Pelo segundo mês consecutivo, acordos foram fechados com o intermédio do TRT11. Neste período, montante a ser pago pela empresa supera R$ 2,3 milhões 04/09/2018 às 09:55
Show dsc 4808 14d19c0d a24d 4059 86ba 02bef50bdd31
acritica.com Manaus

A empresa Microsoft Mobile Tecnologia Ltda, que fechou as portas no Pólo Industrial de Manaus em outubro de 2015, fechou acordo em 28 processos trabalhistas que vão render aos ex-funcionários um total de R$964.159,98.

Os acordos foram fechados por meio do  Centro Judiciário de Métodos Consensuais de Solução de Disputas - Cejusc-JT do Tribunal Regional do Trabalho da 11ª Região (TRT11), que realizou pauta especial de audiências de mediação em 46 processos que tinham como parte a empresa. Na ocasião de seu fechamento, a Microsoft dispensou mais de mil funcionários.  

As audiências ocorreram nos dias 28, 29, 30 e 31 de agosto e envolveram processos que tramitavam em primeiro, em segundo e em terceiro graus, bem como processos em fase de liquidação e de execução.

Das 46 audiências realizadas, houve acordo em 28 processos, totalizando o valor de R$964.159,98 a ser pago aos reclamantes, e o valor de R$ 1.800,00 a ser arrecadado a título de encargos previdenciários.

Segundo ‘pautão especial’

Em julho deste ano, o Cejusc-JT já tinha realizado pauta especial envolvendo processos da Microsoft. Na ocasião, foi homologado R$ 1,4 milhão em 56 acordos, e arrecadado R$ 26 mil de encargos previdenciários.

Participaram das audiências os reclamantes e seus advogados, além do preposto da Microsoft e da advogada da empresa, Gabriella Pontes Garcia.

Solução de conflitos através da mediação

A exemplo do que fez a Microsoft, outras grandes empresas do distrito industrial de Manaus, que possuem ações trabalhistas no TRT11, também podem enviar os processos ao Cejusc-JT, na tentativa de solucionar os litígios através das audiências de mediação realizadas pelo Centro de Mediação.

Publicidade
Publicidade