Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
CATÓLICOS

Milhares de fiéis celebram Festa de Pentecostes no Sambódromo de Manaus

A missa que iniciou às 17h foi presidida pelo arcebispo de Manaus Dom Sergio Castriane. O tema deste ano é “Espírito Santo, liberta-nos pelo Direito e pela Justiça”



agora_fieis_14E95F32-DD17-4601-93D4-9854A28E9D95.JPG Foto: Junio Matos
09/06/2019 às 18:46

A Festa de Pentecostes foi celebrada com a presença de milhares de fiéis no final da tarde deste domingo (9), no Centro de Convenções Sambódromo, no bairro Flores, Zona Centro-Sul de Manaus. A missa que iniciou às 17h foi presidida pelo arcebispo de Manaus, Dom Sergio Castriane.

A Polícia Militar do Estado do Amazonas (PMAM) estimou a participação de 35 mil pessoas na festa tradicional que tem um significado muito forte para os católicos: a renovação do Espírito Santo em suas vidas.

A assistente social, Luziana Fatim, de 48 anos, atuante em sua comunidade, ressalta que participa anualmente da festa e destacou a importância de se comemorar o momento.

"É a hora de renovar os dons que todos nós recebemos após os sacramentos. Renovamos os sete dons que nos foi dado, o que faz com que continuemos a missão que os discípulos fizeram", comentou.

Diferentemente de Luziana, a jornalista Maria Eliene Félix da Silva, de 54 anos, afirma que estava há muitos anos afastada do divino, mas atendeu seu chamado. "Este Espírito Santo nos converte de tudo o que não é verdade. Eu estava até afastada dos caminhos do Senhor, era uma cristã que não vivia, mas Deus me chamou com seu grande amor. Estava no Rio de Janeiro em busca de ser uma atriz e ser famosa, mas Deus quando nos chama, ele quer algo muito melhor para nós", contou.

Este ano, a Festa do Pentecostes leva o lema “Espírito Santo, liberta-nos pelo Direito e pela Justiça”, com base na passagem bíbliaca de Isaías 1:27. "O que a gente observa é que na sociedade, vemos muitos caminhos que levam ao mau, o Espírito Santo não pode compactuar e nem concordar com a desigualdade social, com a violência. O Espírito Santo é o espírito da percepção que o outro realmente merece ser cuidado, por isso o lema leva o Direito e a Justiça", comentou o Pe. Geraldo Ferreira, que é o coordenador de Pastoral da Arquidiocese de Manaus.

A missa realizada tradicionalmente também recolheu as doações de alimentos não-perecíveis pela Cáritas Arquidiocesana de Manaus e deve chegar até os mais necessitados, principalmente, para os migrantes recém chegados à Manaus.

Receba Novidades

* campo obrigatório
News karol 5249a044 89f6 4d99 98db 77f68d4ef8e4
Repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.