Terça-feira, 16 de Julho de 2019
DESPEDIDA

Missa abre o velório do jornalista Phelippe Daou no Studio 5

Presidente e fundador da Rede Amazônica, que completaria 88 anos nesta quinta-feira, faleceu ontem no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo



WhatsApp_Image_2016-12-15_at_15.19.07__1_.jpeg Frei Fulgêncio Monacelli foi um dos primeiros a se despedir de Phelippe Daou no velório (Foto: Antônio Lima)
15/12/2016 às 16:33

O corpo do jornalista Phelippe Daou, presidente e fundador da Rede Amazônica de Rádio e Televisão, está sendo velado no Studio 5, no bairro Japiim, zona Sul de Manaus, desde as 15h da tarde de hoje.

O início da cerimônia foi reservado à família. Uma missa de corpo presente aconteceu em sequência, celebrada pelo Arcebispo de Manaus Dom Sérgio Castriani. Nomes conhecidos da sociedade amazonense, como o Frei Fulgêncio Monacelli, estavam entre os presentes que foram se despedir de Daou logo nas primeiras horas do velório do jornalista, que completaria 88 anos nesta quinta-feira.

Phelippe Daou faleceu na tarde desta quarta-feira (14),  no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internado.   De acordo com a Rede Amazônica, ele faria uma cirurgia na unidade de saúde, mas teve complicações e acabou morrendo de falência múltipla dos órgãos.    

Para o filho do jornalista, Phelippe Daou Júnior, o momento é de lembrar a história deixada pelo pai. “O que temos a fazer é honrar a memória dele e dos demais sócios que faleceram este ano, que tiveram um sonho e criaram um plano fantástico e uma estrutura impressionante, simplesmente com o objetivo de servir bem a região amazônica e torná-la conhecida para o restante do País. O diferencial do meu pai foi a seriedade que ele tinha naquilo que se determinava a fazer, sempre respeitou as pessoas, soube esperar e ocupou seu espaço no momento em que tinha que ocupar e morreu sonhando”, disse ele.

Celdo Braga, que fez um poema de despedida a Phelippe Daou, também destacou a trajetória do jornalista como defensor da Amazônia.  “Para nós artistas, em especial pelo meu grupo Raízes Caboclas, Imbaúba, e como poeta, tinha uma reação muito especial com Phelippe Daou, que sempre abriu espaço para o artista local, sempre fui bem acolhido por ele, tenho certeza absoluta que o vazio que ele deixa, dificilmente será preenchido, uma pessoa devotada por uma causa nobre em defesa da Amazônia e nós que estamos também nesse mesmo barco, nos sentimos deserdados”

Comandante do CMA, general Geraldo Antônio Miotto, destacou a importância de Daou na implementação na Zona Franca de Manaus.  "A morte de Phelippe foi uma perda irreparável, ele estava à frente de sua época, tinha ideias e sonhos de ver o desenvolvimento da Amazônia, foi um dos precursores e incentivador da Zona Franca de Manaus (ZFM). Ele acreditava muito no potencial econômico nas pessoas da região, isso foi extraordinário para toda região, sem falar que ele tinha uma ética extraordinária de valores e que acreditava na verdade das coisas, e de uma família incrível. Uma perda irreparável, era um amigo do Exército Brasileiro, estou aqui em nome do comandante do Exército, general Vilas Boas, que comanda 200 mil homens no País, e disse ser eternamente grato pelo trabalho de Phelippe Daou. A Amazônia vai sentir muito a perda de um homem que trabalhou pela liberdade de imprensa".

Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antônio Silva, ressaltou todos os esforços do jornalista em nome da Amazônia.: “Ele deixou um legado muito importante não só na comunicação, mas pelo desenvolvimento da região, como a liberação da BR-319. Quantas vezes participamos de embates e conversas para a liberação da estrada e, na última conversa que tivemos com o presidente Michel Temer, foi justamente para ele liberar a BR-319. E cada vez mais vou me empenhar para que isso aconteça, devemos isso a ele e por tudo que atenda ao nosso modelo industrial por muitos anos, até que se encontre nova alternativa econômica para o Estado. Na dor e na alegria ele sempre esteve conosco, acho que jamais devemos esquecer a lição de vida que ele nos deixou”.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.