Sábado, 29 de Fevereiro de 2020
PÁSCOA

Missa de Ramos reúne centenas de fiéis e abre celebrações da Semana Santa

Quatro anos depois, a celebração de Domingo de Ramos foi realizada em frente a Catedral Metropolitana. Devido reforma, o evento estava sendo realizado na parte interna do local



missa_1.JPG O evento reuniu centenas de fiéis, portanto palhas, numa lembrança a entrada de Jesus em Jerusalém (Foto: Jair Araújo)
25/03/2018 às 12:32

Foi diferente a abertura da Semana Santa na Catedral Metropolitana de Manaus neste domingo (25). Quatro anos depois, a celebração de Domingo de Ramos foi realizada em frente ao templo sagrado do povo católico do Amazonas. Devido o período de interdição, para reformas, a programação estava sendo produzida na parte interna da Catedral.

O evento reuniu centenas de fiéis, portando palhas, numa lembrança milenar à entrada triunfal de Jesus em Jerusalém, montado em um jumento, e sendo saudado por centenas de seguidores. A Semana Santa é a oportunidade para o cristão vivenciar, por meio da sua fé, a paixão, a morte e a ressurreição de Jesus.



De acordo com o pároco da Catedral de Manaus, padre Hudson Ribeiro, alterações negativas no comportamento do ser humano em todo planeta tem levado as pessoas a se voltarem mais à religiosidade. O tema da Campanha da Fraternidade deste ano (“Fraternidade e Violência”) contribuiu muito para uma maior conscientização espiritual.

“A Semana Santa é o ápice do trido pascal, que começa com a missa do Lava Pés, na manhã da próxima quinta-feira (29). A gente tem percebido que povo tem buscado mais a ajuda de Deus. Temos que retomar a questão social, com uma igreja mais encarnada na realidade do povo, lembrando que Jesus também sofreu, sentiu dor, mas ressuscitou”, relatou o pároco.

Ele revela que tem crescido bastante a frequência da população aos eventos religiosos na Catedral Metropolitana de Manaus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.