Segunda-feira, 23 de Novembro de 2020
Furacão

Missa de 7º dia de Klinger Araújo é marcada com muita emoção

A missa de sétimo dia do cantor foi celebrada nesta segunda-feira (05), na Igreja Católica da Comunidade Santa Maria, localizada na Colônia Santo Antônio



120897476_10224209950020976_4371813807009048495_o_31BA9C57-494D-42D3-8DE6-756AA9D03FB1.jpg Foto: Iago Albuquerque
05/10/2020 às 20:44

“Estávamos juntos cantando louvor em um aniversário, ali Deus já deveria ter falado que Klinger iria estar do lado dele” Assim começa à homenagem de Vanessa Alfaia, emocionada ao falar da última vez que cantou com seu finado marido, Klinger Araújo.

A missa de sétimo dia do cantor foi celebrada nesta segunda-feira (05), na Igreja Católica da Comunidade Santa Maria, localizada na Colônia Santo Antônio, zona leste da cidade.



Vanessa também se emocionou ao falar da família que o seu esposo era muito apegado e sempre foi bem acolhida “Agradeço a família do Klinger que sempre me tratou como uma filha e nesse momento me estão me dando muita força”.

Para evitar aglomerações a missa foi transmitida por um site local, no qual Klinger tinha um programa semanal de toadas.

O cantor gospel e amigo de Klinger, Célio Costa, comandou os louvores durante a missa. “Um cara simples de coração, ele sabia representar nossa cultura como ninguém” descreveu-o

O cantor e levantador de toadas Klinger Araújo morreu na manhã da última quinta-feira (29), vítima de complicações da Covid-19. O artista estava internado desde o dia 13 de setembro na UTI.

Trajetória do Artista

Conhecido como o "Furacão do Boi", Klinger teve a vida artistica totalmente ligada ao boi bumbá, sendo no início da sua carreira vocalista de apoio do bumbá Garantido e, na maior parte da sua vida, toadista do boi Caprichoso.

Sua trajetória artística começou em 1986, quando ele atuava como radialista na Rádio Alvorada, em Parintins.

A ascensão do cantor como levantador de toadas aconteceu em 1990, quando ele se apresentou pela primeira vez com o Boi-Bumbá Garantido. Anos depois, Klinger foi convidado para cantar no Boi-Bumbá Caprichoso, onde se firmou nas raízes folclóricas do “boi azulado”.

O artista participou de vários programas como Planeta Xuxa, Ana Maria Braga, Faustão, Ratinho, entre outros. Além disso, ele se apresentou em diversas cidades do Estados Unidos.

Klinger Araújo era levantador de toadas e backing vocal do Boi-Bumbá Caprichoso, além de mestre de cerimônias de diversos eventos em Manaus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.