Terça-feira, 21 de Maio de 2019
POLUIÇÃO

Mobilização busca conscientizar pessoas contra poluição de rios e igarapés em Manaus

Voluntários da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), em parceria com a ONU Brasil, foram a áreas próximas a cursos d’água na região urbana para alertar população



36_4CC99CDF-6C5B-416C-8606-BFCF2B5A24CC.jpg
Foto: Divulgação/Robert Coelho
28/03/2019 às 14:36

Uma mobilização que busca conscientizar os manauaras sobre a importância do lixo zero nos igarapés da cidade iniciou nesta quinta-feira (28) na capital amazonense. Voluntários da Fundação Amazonas Sustentável (FAS), em parceria com a ONU Brasil, foram às Feiras do Produtor e do Mutirão conversar e distribuir material informativo à população.

A ação faz parte da campanha Rios Limpos para Mares Limpos, com objetivo chamar atenção da sociedade para a importância de conservar leitos de rios e igarapés que cortam a cidade.

Nesta quinta (28), a programação acontece à tarde na Feira da Manaus Moderna, no Centro. Na sexta (29) é a vez da Praia da Ponta Negra, na Zona Oeste, a partir das 14h. A participação é gratuita e acontece em áreas próximas aos igarapés e rios na região urbana.

Entre as ações estão colagens de cartazes de ensaios fotográficos sobre a importância da preservação dos rios e igarapés. Nos ensaios, quatro ativistas ambientais - a Miss Brasil 2018 Mayra Dias, o ator Victor Fasano, a líder comunitária Izolena Garrido e a drag queen Úýra Sodoma - interpretam entidades de lendas amazônicas que protegem as águas.

Os cartazes com os ensaios fotográficos serão afixados em locais de grande circulação de pessoas na cidade, como feiras, terminais e portos. O objetivo é conscientizar pessoas para a importância do lixo zero nos igarapés.

“Manaus é uma das cidades com mais igarapés no Brasil e tê-los conservados é interessante para além da beleza disso. Tudo que tem água limpa tem ainda mais vida, o solo, uma vegetação, a natureza volta a viver nesse lugar. Todo esse ecossistema é mais estruturado e saudável, e tem impacto direto na vida da população, que precisa estar engajada nessa causa”, explica o biólogo e educador ambiental da FAS Emerson Munduruku.

Uma faixa com os dizeres “EU EXISTO: Lixo Zero nos Igarapés de Manaus” foi hasteada na Feira do Mutirão. Os banners foram confeccionados por artesãs da ONG RipArte, que produz e vende artesanato de recicláveis pelo Projeto de Recuperação Ecológica e Urbanização Sustentável na Amazônia (REUSA), da FAS, no bairro Redenção, em Manaus.

“Precisamos entrar em uma corrente de transformação. Nossa associação na Redenção tem lutado para conscientizar não só nossos vizinhos, mas também outras zonas onde a água corre e faz parte da vida”, comenta Cristina Pereira, líder das artesãs do REUSA. 

Guerra contra o lixo nos rios

Idealizada em 2017 pela FAS e ONU Brasil, a Campanha Rios Limpos para Mares Limpos busca chamar a atenção da sociedade para a redução do consumo e do descarte de plástico nos rios e igarapés das cidades da Amazônia.

Segundo dados da ONU Brasil, mais de 8,3 bilhões de toneladas de lixo foram produzidas no planeta desde 2015 e 79% não recebeu descarte adequado. Anualmente são produzidas 400 milhões toneladas de plástico em todo o planeta.

*Com informações da assessoria de imprensa


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.