Sexta-feira, 05 de Junho de 2020
Insegurança

Moradores constroem muros em entradas de ruas para evitar assaltos na Zona Norte

Segundo moradores, a intenção é deixar o Conjunto Ben-Hur apenas com uma entrada e saída



22/11/2016 às 17:25

Os moradores do conjunto Ben-hur, localizado na Zona Norte de Manaus, construíram muros para fechar quatro ruas que dão acesso ao bairro para evitar a frequente onda de assaltos que tem assustado a população. De acordo com um morador, que preferiu não se identificar para evitar represálias, a iniciativa partiu de um vizinho e os demais acataram a ideia.

"O objetivo é fechar todas as ruas e deixar o conjunto apenas com uma entrada e uma saída", disse. Ainda segundo ele, o que motivou a construção foi a falta de policiamento. "As ruas do conjunto são muito desertas e isso facilita os assaltos, e quando isso acontece elas acabam servindo como rotas de fugas. Muitas casas já foram invadidas. Então para evitar isso os moradores resolveram construir os muros por conta própria. É uma forma de nos sentirmos seguros", afirmou.



Na opinião dele, os muros devem resolver o problema da insegurança, no entanto, ele considera injusto com quem precisa passar pelas ruas. "A rua Israel, por exemplo, dá acesso para a igreja que eu congrego. Agora, com o paredão, eu terei que dar a volta no quarteirão para poder chegar lá", opinou.

Para outra moradora que também não quis se identificar, a tentativa não deu muito certo. "Na verdade já tentaram muitas vezes. O único que deu certo foi o muro construído no final da rua onde moro", avalia. 

Sobre o assunto, o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) disse uma equipe de fiscalização iria ao local para averiguar a construção do muro. "Quanto à demanda, uma equipe foi ao local nesta tarde para fazer ação. Assim que tiver retorno, encaminho complemento", disseram por meio de comunicado.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.