Publicidade
Manaus
Manaus

Moradores da rua Jambú vivem há quase um mês sem água

De acordo com os moradores, crianças já deixaram de ir pra aula por conta da falta de água na rua localizada na Zona Leste de Manaus 11/08/2015 às 08:38
Show 1
Os moradores também contaram que já entraram em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa Manaus Ambiental, mas até o momento não tiveram retorno
édria caroline ---

Há 20 dias moradores da rua Jambú, no bairro João Paulo 1, Zona Leste de Manaus, sofrem com a falta de água. O servidor público Marco Aurélio Lopes, 49, diz que todos os dias precisa gastar gasolina pra ir pegar água em outros lugares.

 “A gente se vira como pode. Vou à casa de vizinhos que tem poço ou na delegacia aqui da área, pra pegar água. Ou tem que comprar. O balde de água mais barato custa R$ 20, aí a gente tem que escolher: ou come ou compra água”, contou o servidor.

A dona de casa Ricarda Maria dos Santos, outra moradora da rua, também falou da dificuldade que enfrenta todos os dias. “Tem que esperar o caminhão-pipa passar por aqui se a gente quiser ter água, pra poder comprar e ter água, pelo menos pra beber”, disse. A dona de casa também contou que gasta, em média R$ 60 pra ter água.

 “Lavo roupa na casa da minha irmã, tomo banho com pouca água e pra beber também é complicado, tem que economizar. Não dá pra ficar comprando água todos os dias”, contou. A dona de casa mostrou à equipe de reportagem do MANAUS HOJE contas de água que chegam em sua residência, todos os meses, sem qualquer atraso. “A conta desse mês já chegou na minha casa. Mais de R$ 200 pra eu pagar, mas água que é bom na minha torneira não tem”, disse.

De acordo com os moradores, crianças já deixaram de ir pra aula por conta da falta de água na rua. “Já tiveram casos de crianças faltarem aula dois, três dias, porque não tinha água pra tomar banho. Isso é um absurdo”, contou Marco.

Os moradores também contaram que já entraram em contato com o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) da empresa Manaus Ambiental, mas até o momento não tiveram retorno. “Ligamos pra lá algumas vezes e a resposta é a mesma, que está havendo uma manutenção, que infelizmente o serviço foi suspenso e que não há previsão para normalizar”, contou o morador.

A equipe de reportagem do MANAUS HOJE também tentou contato com a empresa, mas até o fechamento desta edição não houve retorno.

Sem previsão de solução

Moradores contaram que ao ligar para a Manaus Ambiental foram informados de que há uma manutenção na caixa d’água da rua. “Sempre passa um carro da Manaus Ambiental aqui na rua, mas nada é resolvido. Eles já passam se escondendo” contou um morador. De acordo com os moradores, esta é a única rua do bairro que o fornecimento foi cancelado.

Publicidade
Publicidade