Publicidade
Manaus
MANIFESTAÇÃO

Moradores da Zona Leste bloqueiam rua em protesto contra descaso no transporte

Segundo populares, apenas uma linha vai para o Centro e coletivos demoram até 2h para passar. Moradores bloquearam principal entrada da comunidade criticando empresa Global Green 10/05/2017 às 09:18
Paulo André Nunes Manaus (AM)

Inconformados com o tratamento dispensado no transporte coletivo para o bairro, os moradores da Colônia Antonio Aleixo, na Zona Leste da cidade, bloquearam de 6h às 8h30 a entrada principal da comunidade, a avenida Getúlio Vargas, para o tráfego de ônibus, na manhã desta quarta-feira (10).

Aproximadamente 200 populares se concentraram com faixas e cartazes criticando a empresa Global Green, que é a viação que opera no bairro para as linhas 604 e 085. Eles bloquearam a via com pedaços de madeira e folhagens, se posicionando em frente de um veículo utilitário com um auto-falante onde as lideranças se revezavam nas críticas.

A Colônia Antonio Aleixo tem cerca de 26 mil moradores.

"O transporte de ônibus está sucateado aqui na Colônia Antônio Aleixo. Há só duas linhas, a 604 e 085, e só uma delas vai pro sentido do Centro, que é a 604. Os coletivos demoram até duas horas pra passar e são velhos. Estamos fazendo uma manifestação pacífica pra que não aconteça algo pior", comentou Estevam Júnior, presidente da Associação dos Moradores da Colônia Antônio Aleixo.

"A Colônia está sofrendo demais e, não aguentando mais de humilhação, resolveu protestar. Queremos fazer as coisas no diálogo", disse Edivaldo Barreto, presidente do Centro Social e Educacional do Lago do Aleixo (Csela).

A reportagem aguarda uma resposta da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU) sobre as reivindicações dos moradores. 

Publicidade
Publicidade