Publicidade
Manaus
Manaus

Moradores do bairro São José protestam na ALE-AM após declaração do deputado Sinésio

Parlamentar disse que associação de moradores havia ‘tomado de assalto’ a administração de um complexo esportivo, antes abandonado, segundo eles 17/03/2015 às 16:27
Show 1
Moradores do bairro São José protestam na ALE-AM
Janaina Andrade Manaus (AM)

A galeria da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) amanheceu dividida na manhã desta terça-feira (17). De um lado, membros da Associação de Moradores do São José, em maior número, e do outro lado, membros da Liga Esportiva do bairro, em menor número. Ambos com o mesmo objetivo: conquistar a administração do Complexo Esportivo Paulo Roberto Souto. 

De acordo com a presidente da Associação de Moradores do São José, Marluce Perdigao, 56, a vinda de apoiadores da Associação a ALE, nesta manhã, foi motivada após o deputado Sinésio Campos (PT) subir a tribuna na quinta-feira passada (12) e sustentar que o Complexo Esportivo do São José foi “tomado de assalto” por Marluce. 

“A verdade é que o secretário Elvis Damasceno (Semjel) nos chamou no dia 2 de fevereiro e nos pediu para administrarmos por seis meses o Complexo. Nós não invadimos, não tomamos de assalto como o deputado disse. Temos a procuração do secretário da Semjel. E queremos hoje aqui o direito de resposta, pois me admira uma pessoa que tem seis mandatos, é professor, subir a uma tribuna e denegrir a imagem de cidadãos de bem”, falou a presidente da Associação. 

Marluce afirma que, em uma semana de administração, o Complexo já houve uma transformação da área. “Eu e um grupo de mais 20 moradoras do bairro capinamos, trocamos a iluminação, limpamos banheiros, e em nenhum momento ninguém da Liga Esportiva do São José pegou numa enxada para capinar e o deputado Sinésio quer que o rapaz da Liga Esportiva do bairro administre sozinho o Complexo, por isso ele está fazendo e falando essas inverdades”, defendeu. 

Apesar da presença de representantes da Liga Esportiva do São José, o presidente da Liga, Erivan Garcia, e o vice-presidente, Vicente Prata, não foram localizados pela reportagem. 

O deputado estadual Sinésio Campos estava na Casa Legislativa nesta manhã, mas não quis comentar a presença da Associação de Moradores do São José.  

Até o momento, nem os representantes da Associação, nem os membros da Liga Esportiva foram ouvidos em plenário na ALE-AM. Eles continuavam ocupando a galeria da Casa até a publicação desta matéria.

Publicidade
Publicidade