Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
PROTESTO

Moradores do Pq. das Nações reclamam do estado das ruas; prefeitura anuncia obras

Lama, buracos e lixo acumulado nas ruas estão entre as reclamações da população. Ruas do bairro na Zona Centro-Sul de Manaus serão atendidas por serviços, afirmou Prefeitura



pq1.JPG
Com as chuvas, alguns trechos da rua Inglaterra viram verdadeiros lamaçais. Foto: Winnetou Almeida
05/04/2018 às 21:36

As condições do asfaltamento de muitas ruas da cidade são evidentemente ruins. Mas em certos locais os moradores literalmente “clamam” por ajuda devido ao problema. É o caso do bairro Parque das Nações, na Zona Centro-Sul de Manaus, onde a reportagem esteve na última semana. Lá os moradores reclamam das péssimas condições das vias e cobram serviço de qualidade.

Durante aproximadamente 40 minutos que a reportagem do Portal A Crítica ficou no trecho mais esburacado da rua Inglaterra, considerada a mais deteriorada, dez moradores da via se aproximaram para relatar o caos que vivem diariamente. Moradores disseram que ela recebe esporadicamente serviços de tapa-buraco, mas o trabalho deixa a desejar.

O supervisor de estoque Rodrigo Santos, de 30 anos, disse que raramente funcionários da Prefeitura de Manaus fazem serviço de tapa-buracos nas ruas do conjunto e quando fazem o serviço não é de qualidade. “Estamos esquecidos, o normal aqui é ter ruas cheias de buracos, mas buraco grande mesmo. Quando passam tapando os buracos a gente estranha, mas no outro dia volta ao normal porque o serviço ou o asfalto não prestam”, lamentou.

Quando soube que a equipe de reportagem estava no local, a aposentada Irailde Diniz, de 64 anos, saiu do mercado onde estava fazendo compras e foi até a rua Inglaterra para reforçar as reclamações dos vizinhos. “Já liguei para a Seminf (Secretaria Municipal de Infraestrutura), mas não adianta, é mesmo que nada. Eles já têm uma resposta pronta: ‘as ruas do conjunto já estão no cronograma de obras’ ou ‘iremos mandar uma equipe ao local’, mas é tudo mentira, uma vergonha, fazem pouco caso da gente”, disse, indignada.


Serviço de recuperação do asfaltamento deve chegar a rua nos próximos dias. Foto: Winnetou Almeida

A aposentada disse também que a linha de transporte coletivo que atende o bairro teve que desviar a rota porque a rua Tailândia está com dois buracos que dificultam o tráfego. “Tem dois buracos grandes, um próximo do outro, agora os motoristas entram em uma rua antes, mas não param para os passageiros descerem. Um absurdo tudo isso, olha!”.

O aposentado Afonso Neves, 66, disse que há muitos anos o bairro é tratado com descaso pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). “Tem mais jeito não, a gente liga, denuncia, reclama, mas não adianta. Essas ruas vivem cheias de buraco, quando aparecem para tapar a gente até desconfia da intenção”, afirmou o aposentado.

Dentro do cronograma

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou que já começou a atuar no bairro Parque das Nações com serviços nas ruas Itália e Bélgica. “As demais vias serão atendidas conforme o andamento dos trabalhos”, ressaltou em nota.

Na última sexta-feira (30), a esposa de Afonso Neves foi vítima de um dos buracos da rua Brasil, que também é repleta de lixo, onde deveria existir a calçada. Ela escorregou, caiu e teve ferimentos. “Ela estava caminhando, escorregou, caiu e ficou toda ralada e com hematomas. Minha mulher já tem 65 anos, é frágil. Graças a Deus não bateu a cabeça. Fico indignado como somos tratados, quando querem votos são anjinhos, abraçam e beijam a gente”, criticou ele.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.