Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
su.JPG
publicidade
publicidade

NO ESCURO

Moradores do Residencial Petrópolis ficam sem energia e culpam a Suhab

Segundo os moradores do local, o serviço foi cortado pela Eletrobras Amazonas Energia por falta de pagamento da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab); o pagamento do serviço de fornecimento de energia seria de responsabilidade da secretaria


04/04/2017 às 21:02

Moradores do Residencial Petrópolis, localizado na rua Coronel Ferreira de Araújo, na Zona Centro-Sul de Manaus, estão sem o fornecimento de energia elétrica desde as 14h desta terça-feira (04). Segundo eles, o serviço foi cortado pela Eletrobras Amazonas Energia por falta de pagamento da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab). Há 192 apartamentos no local.

De acordo com a moradora Sandra França, 49, há um documento do Ministério Público do Estado do Amazonas que determina que o pagamento da energia é de responsabilidade da secretaria, em decorrência da não entrega dos documentos definitivos dos imóveis que forem entregues no ano de 2011.

“As pessoas estão com dificuldades para subir até o quarto andar. Há idosos e crianças recém-nascidas aqui. Se essas pessoas passam mal? Estamos aqui há cinco anos. Moro no primeiro andar e o segundo me dá banho. Está tudo quebrado, com rachaduras e infiltrações. Já ligamos para a Suhab e ninguém nos atendeu”, declarou.

publicidade

O soldador Francisco Dias, 54, disse que a carne e o frango comprado para a alimentação da família correm o risco de ir para o lixo. “A comida que estava na geladeira está estragando. Vou acabar jogando a minha carne e frango. O calor está forte aqui e meus filhos estão passando mal”, afirmou.

Em nota, enviada às 15h21 desta quarta-feira, a Suhab informou que "a falta de energia que está ocorrendo no Residencial Petrópolis diz respeito apenas às áreas “comuns” (corredores e escadas) dos blocos 1, 2 e 3 do referido Residencial".  Segundo a nota, o desligamento do fornecimento de energia em tais áreas deu-se a partir de denúncias recebidas nesta Autarquia, de que alguns moradores estariam utilizando clandestinamente a energia elétrica dessas áreas, o que gerou inúmeras faturas com valores exorbitantes a serem custeadas com recursos do Órgão.

"A SUHAB esclarece, por oportuno, que a responsabilidade do pagamento deste consumo de energia é exclusiva dos moradores dos blocos do Residencial", diz a nota, que registra ainda que "não existe nenhuma determinação do Ministério Público Estadual para que esta Superintendência seja responsabilizada pelo pagamento do consumo de energia nas áreas mencionadas".

 

publicidade
publicidade
Oliveira/Atem assume distribuição de energia no AM e promete investir R$ 741 mi
Moradores de Suzano lembram um mês do massacre em escola de São Paulo
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.