Domingo, 19 de Maio de 2019
Manaus

Moradores insistem em despejar lixo em igarapé de Manaus

Ação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente tenta mudar atitude dos moradores próximos ao igarapé da Cachoeira Grande, no Nova Esperança, Zona Oeste



1.jpg
Mesmo com lixeira, moradores insistem em jogar lixo nas margens ou direto no igarapé
11/01/2016 às 10:05

Pneus, sacos de lixos, sofá, colchão e garrafas PET foram alguns dos itens encontrados as margens do igarapé da Cachoeira Grande, no Nova Esperança, Zona Oeste de Manaus.

Mas, desde a semana passada, moradores das proximidades vêm respondendo a um questionários, aplicados por uma equipe da Divisão de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), que visa levantar informações sobre a comunidade e o grau de conhecimento dos moradores, em relação ao tempo de decomposição dos resíduos sólidos.

“Eu não tinha precisamente o conhecimento do tempo que leva, só a noção que demorava muito, como no caso do vidro que vai custar aproximadamente 4000 anos para se decompor na natureza. Agora, quem jogar lixo vai ter essa consciência também”, conta o comerciante Dário Dantas, 55, residente no bairro há 10 anos.

Segundo ele, no período chuvoso a situação fica ainda mais complicada. “Quando ela vem forte, vemos a quantidade de lixo que desce, eu inclusive já tive o comércio invadido pela alagação”, revela.

De acordo com o líder comunitário Edson Reis, a maioria dos moradores não tem conhecimento sobre o tempo de decomposição desses resíduos e insistem em jogá-los as margens ou direto no igarapé mesmo com lixeira próxima. “No próprio dia testemunhamos pessoas jogando o lixo na água e quando questionadas ficaram sem resposta. E pra onde vai esse lixo todo? Os próprios moradores são prejudicados”, disse o líder comunitário.

Edson também conta que, após a equipe começar a fazer essa caminhada na comunidade, algumas residentes deixaram de despejar seu lixo no local. “Tem morador sim, que começou a ter atitudes, como remover lixeiras improvisadas e comprar cesto de lixo, além de ficar limpando a beira do igarapé na frente da sua casa. Se todos fizessem sua parte, com certeza não haveria uma cidade suja”, reforça.

Questionário

A Semmas é responsável por aplicar o questionário que continuará ao longo desta semana, para sensibilizar os comunitários e principalmente os residentes a participarem da grande ação de limpeza e conscietização que ocorrerá no Igarapé.

Conscientização

No dia 16 deste mês uma grande ação de limpeza e sensibilização ocorrerá no igarapé da Cachoeira Grande. A ação faz parte da campanha “Limpa Manaus”, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) e Secretaria Municipal de Saúde (Semsa).

O objetivo da campanha é promover ações de limpeza e sensibilização ambiental nas margens ocupadas de igarapés da cidade de Manaus, visando reduzir o problema do descarte irregular de resíduos nos cursos d’água da cidade.

Na ação, a Semmas realizará oficinas de educação ambiental junto aos moradores e a Semsa atuará no trabalho de orientação e combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue,  chikungunha e zika vírus. A Semulsp vai instalar lixeiras, placas educativas e pontos de fiscalização, além de realizar o trabalho de limpeza e remoção do lixo acumulado nas margens e leito do igarapé.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.