Publicidade
Manaus
Denúncia

Moradores denunciam ruas precárias e tomadas pelo lixo no bairro Nova Cidade

Além dos buracos, as vias do bairro da Zona Norte estão tomadas pelo mato e materiais de construção 29/07/2016 às 17:44 - Atualizado em 29/07/2016 às 18:43
Show nova cidade
Na rua Monza esquina com La Coruña, o lixo está quase fechando a via para a passagem de pedestres e veículos / Foto: Euzivaldo Queiroz
Paulo André Nunes Manaus (AM)

É lamentável a situação de algumas ruas do bairro Nova Cidade, na Zona Norte da cidade. A reportagem constatou o estado precário das vias Curaçao, Monza esquina com La Coruña e Mérida, que se encontram tomadas pelo lixo, matagal e até mesmo descartes de materiais de construção como pedras e madeiras.

Na rua Curaçao, por exemplo, há moradores queixando-se que a limpeza pública só passou para fazer o corte do mato que se alastra nos canteiros centrais em três vezes nos últimos 11 anos. “Há muita imundície aqui nessa parte central da rua Curacão. O lixo tomou conta. A limpeza pública aqui é de ano em ano ou em época de eleições. Da última vez que a minha irmã acionou os órgãos públicos para podar as árvores, só fizeram o serviço em três”, esbraveja a comerciante Fabíola Peixoto, que tem um café regional num dos prolongamentos da Curacão.

A moradora também comentou que falta mais consciência dos próprios moradores em não despejar o seu lixo nas vias.

“Esse problema do lixo no canteiro existe há anos. O pessoal ainda ‘colabora’ colocando o lixo no meio-fio”, completa a comunitária.

O monitor Dênis de Andrade também reclamou do estado da via. “Considero que há um desprezo com a comunidade do Nova Cidade. A rua Curaçao deveria estar capinada e limpa”, disse o trabalhador.

Há 11 anos

A autônoma Vandira Godinho é uma das mais revoltadas moradoras do Nova Cidade. Residentes naquela área há cerca de 11 anos, ela disse que não aguenta mais ver o estado de penúria no qual se encontra a comunidade da Zona Norte da cidade.

“Sou moradora da rua Mérida, e lá está tudo esburacadado, abandonado, as autoridades não vêm limpar o lixo. Ninguém liga para o nosso conjunto e buscamos melhorias urgentes”, disse ela, que estava aguardando pelo ônibus na rua Curacão, outra via que carece de atenção por parte das autoridades municipais urgentemente.

Na rua Mérida, a estudante universitária Edinice Costa, 28, disse que a situação da via - esburacada e com lama - é “horrível, pois fede, é sujo e os veículos, quando passam, acabam de estragar o que já não está muito bom”.

Outra rua crítica é a Monza esquina com La Coruña: o lixo está quase, pasmem, fechando a via para a passagem de pedestres e veículos.

Assaltos nos ônibus

Além dos problemas de lixo e buracos na via pública, os moradores ouvidos pela reportagem também relataram o temor que sentem com a onda de assaltos a ônibus que vem ocorrendo pelos quatro cantos da cidade. E no Nova Cidade não é diferente, dizem eles.

Outro lado

Questionada sobre a situação relatada pelos moradores, a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) informou que os fiscais do órgão já estavam a par dessa denúncia, iriam verificá-la na última quinta-feira (28). Em seguida, completa a secretaria em nota enviada para A CRÍTICA, "seriam tomadas providências de limpeza e, se houver necessidade, ações de conscientização".

Publicidade
Publicidade