Publicidade
Manaus
Manaus

Moradores temem por cratera que vem crescendo cada vez mais em via pública de Manaus

Há quase um mês, vala com um metro de profundidade vem se abrindo em via pública e moradores temem o pior no bairro São Sebastião, Zona Sul 12/03/2015 às 12:35
Show 1
Risco de desabamento de casas em decorrência da erosão vem preocupando os moradores da rua Amazonas
Oswaldo Neto Manaus (AM)

Uma erosão em via pública vem trazendo risco a alguns moradores da rua Amazonas, bairro São Sebastião, Zona Sul. O buraco, que tem cerca de um metro de profundidade, vem se abrindo há quase um mês, mas, segundo moradores, nenhuma providência foi tomada. Apesar de o local ter sido “sinalizado” pelos próprios populares com madeiras, veículos pesados continuam trafegando nas proximidades.

Segundo a dona de casa Samara Soares dos Santos, 46, a cratera vem se formando há cerca de um mês e ganhando proporções maiores devido às fortes chuvas na capital. Ela mora a poucos metros do ponto mais crítico da cratera, na residência de número 38. Ao dar poucos passos, é possível notar o buraco que vem corroendo as camadas de asfalto e barro da via. “Ninguém sabe como começou. Acho que deve passar uma tubulação aí embaixo. Já reclamamos pra tudo quanto é lugar e ninguém faz nada”, disse.

Ainda segundo Samara, os moradores chegaram a fixar pedaços de madeira dentro do buraco para orientar pedestres e condutores, porém a situação vem se agravando de outra forma. “Os motoristas de ônibus estão vendo que não podem passar e estão passando na marra”, disse ela. A dona de casa ainda afirma que várias denúncias foram feitas. “A Seminf veio aqui ontem, mas só tiraram fotos. A ineficiência desse pessoal é uma coisa terrível. Todo mundo paga impostos, mas na hora que precisa mesmo, é complicado”.

Riscos

O risco de um desabamento maior preocupa também José Barreto, 60, que vive em uma casa ainda mais afetada pela vala. Parte da calçada da residência dele não tem qualquer tipo de sustentação, tendo em vista que a construção está literalmente por cima do buraco. “Não tem como passar aí. Ficamos com medo até de andar na calçada porque isso pode desabar a qualquer momento”.

Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou que uma equipe será deslocada para verificar a situação na rua Amazonas e tomar as devidas providências, caso seja de competência do órgão.

Publicidade
Publicidade