Publicidade
Manaus
Manaus

Morre eletricista que caiu de teto de supermercado em Manaus

Daniel Gomes Pereira teve politraumatismo e não resistiu. Ele caiu de uma altura de aproximadamente dez metros após pisar no telhado e atravessar a superfície 03/08/2015 às 19:29
Show 1
Eletricista cai do teto do Carrefour da Paraíba na manhã deste sábado (1º)
acritica.com Manaus (AM)

Morreu, na madrugada do domingo (2), por volta das 4h30, o eletricista Daniel Gomes Pereira, de 31 anos, que caiu do teto de um supermercado em Manaus na manhã do sábado (1º) enquanto fazia trabalhos de manutenção em aparelhos de ar-condicionado. Segundo informações da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam), Daniel já chegou ao Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto em estado gravíssimo.  Ele teve politraumatismo e não resistiu em morreu.

O acidente ocorreu no supermercado Carrefour da av. Umberto Calderaro Filho, no bairro Adrianópolis, Zona Centro-Sul da cidade. Daniel Pereira pisou no telhado, atravessou a superfície e despencou de uma altura de cerca de dez metros.

O homem trabalhava para a empresa terceirizada Manaus Refrigeração, foi socorrido e levado a um hospital. “Ele podia até ter atingido uma pessoa ou caído em uma prateleira. Um acidente como esse podia acontecer em qualquer lugar. Fomos lá auxiliar nos primeiros socorros e afastar os curiosos”, disse o aspirante Bastos, da 16ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), no dia do acidente.

Daniel foi socorrido e levado consciente, mas com muitas dores, para o HPS 28 de Agosto. Segundo a Susam, Daniel chegou a sofrer uma parada cardíaca que foi revertida quando era atendido no centro cirúrgico da unidade de saúde. O homem foi acompanhado por profissionais de saúde da cirurgia geral, ortopedia e vascular.

Equipamento de segurança

Conforme o aspirante Bastos, aparentemente o homem não usava equipamento de segurança, mas isso não foi confirmado pela direção do supermercado nem pela empresa Manaus Refrigeração, o que deverá ser verificado pelo Instituto de Criminalística da Polícia Civil.

O supermercado Carrefour foi fechado temporiaramente para a realização de perícia e alguns funcionários registraram boletim de ocorrência no 12º Distrito Integrado de Polícia. Em nota, a Manaus Refrigeração disse que “acompanha o caso de perto e presta o devido atendimento”.

Publicidade
Publicidade