Publicidade
Manaus
HOSPITAL

Morre adolescente suspeito de matar motorista de ônibus em assalto, em Manaus

Motorista da linha 450 foi baleado na av. Max Teixeira durante troca de tiros entre assaltantes e um passageiro que estava armado 20/06/2018 às 10:59 - Atualizado em 20/06/2018 às 14:16
Show show motorista  nibus
Foto: Arquivo A Crítica
Larissa Golvin Manaus (AM)

Morreu na noite dessa terça-feira (19) no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, na Zona Leste de Manaus, o adolescente de 17 anos suspeito de matar o motorista de ônibus Francisco Araújo da Silva, 51, durante um assalto ao coletivo da linha 450 ocorrido na última quinta-feira (14), na avenida Max Teixeira, na Zona Norte da cidade.

O adolescente havia sido baleado no pescoço durante uma troca tiros com um passageiro que estava armado dentro do coletivo e que reagiu à ação do grupo de assaltantes. O motorista da linha 450 foi atingido e morreu na hora, sentado ao volante.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), o adolescente de 17 anos foi a óbito por traumatismo craniano por volta de 23h59. Ele teria passado por um procedimento cirúrgico e permanecia internado na desde então unidade hospitalar.

Durante o crime, seis homens armados entraram no coletivo da linha 450 em um trecho da avenida Max Teixeira, no sentido Centro/bairro, anunciaram o assalto e trocaram tiros com o passageiro armado. Outro suspeito do crime também teria sido baleado. Cinco assaltantes e o passageiro armado fugiram. Não há informações sobre quem seria o autor do disparo que matou o motorista.

Publicidade
Publicidade