Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
Manaus

Morre segunda vítima de tiroteio em beco no bairro São José

Ronnie Novo de Menezes, 23, foi o segundo a morrer. Ao todo, nove ficaram feridos, incluindo uma criança de 2 anos. Dois suspeitos já foram presos



1.gif
Dezenas de familiares lotaram a entrada do HPS João Lúcio à espera de informações sobre o estado de saúde das vítimas
06/07/2015 às 15:46

Mais uma pessoa morreu vítima de um tiroteio ocorrido na noite de ontem, domingo (5), no beco Boa Sorte, rua 27, bairro São José, na Zona Leste de Manaus: Ronnie Novo de Menezes, de 23 anos, não resistiu aos ferimentos. Até agora, dois morreram e sete ficaram feridos, incluindo uma criança de 2 anos, filho de Ronnie.

A outra vítima fatal é o adolescente Denilson da Silva Carvalho, 17 anos, o “China”, que faleceu ontem mesmo, horas após o tiroteio. Os outros feridos são: Maria de Fátima Socorro Carvalho, 50, Carlos Ivan dos Santos Maciel, 21, Daniel Junior Menezes, 19, Davi Correia Veloso, Douglas Carvalho Costa, 18, Rosa Sebastiana Rodrigues de Araújo, 33, e Ruan Novo Cordeiro, 2, filho de Ronnie, que levou um tiro de raspão.

O tiroteio ocorreu ontem por volta de 18h45, quando mais de 10 homens encapuzados e fortemente armados chegaram ao beco Boa Sorte e atiraram várias vezes contra pessoas que estavam em via pública. Os tiros alvejaram tanto pessoas inocentes quanto pessoas envolvidas com o tráfico de drogas que eram rivais do grupo armado.

Segundo informações do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), os atiradores chegaram em motocicletas e também em três carros diferentes – um modelo Voyage e dois modelos Gol, um preto e outro vermelho. Eles estavam encapuzados e armados com metralhadores e pistolas calibre 12.

Segundo a polícia, os atiradores fazem parte de um grupo criminoso coordenado pelo traficante “Passarinho”, da região do Novo Aleixo. Esses atiradores foram ao beco Boa Sorte vingar a morte de colegas. Segundo a polícia, os traficantes do beco Boa Sorte mataram “soldados” do “Passarinho” na sexta e no sábado, no Novo Aleixo e no São José 1, e hoje os rivais foram “acertar as contas” com eles.

Hospital

Todos os feridos foram levados em carros particulares para o Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, onde alguns passaram por cirurgia. Dezenas de familiares lotaram a entrada do HPS João Lúcio desde o início da noite, mas poucos quiseram conversar com a reportagem.

Dois presos


Rocam e da DEHS foram ontem ao local do tiroteio

As polícias Civil e Militar começaram ainda na noite de ontem a procurar e investigar os suspeitos do caso. Dois homens já foram presos por participarem do grupo criminoso responsável pelo tiroteio, mesmo não sendo eles um dos atiradores: Josivaldo de Oliveira Ruas, o “Lacraia”, e Vammdamme Mendes dos Santos, capturados por uma equipe da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam).

O delegado Ivo Martins, da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), também iniciou uma investigação para identificar e prender todos os atiradores do caso. Segundo Martins, o tiroteio é resultado de uma disputa entre traficantes por áreas de atuação naquela região.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.