Publicidade
Manaus
Manaus

Morte tem custo alto em Manaus

A elevação dos preços pode ficar ainda maior quando o falecido tem tamanhos “fora do padrão”, o que exige da funerária contratada uma urna sob medida 16/11/2013 às 12:32
Show 1
Urnas funerárias, que são vendidas com alguns serviços, custam a partir de R$ 1 mil
Kelly Melo ---

Morrer custa caro. Esta é a afirmação dos empresários do ramo de funerárias em Manaus, que informaram que um simples pacote de funeral custa em média R$ 1 mil. A elevação dos preços pode ficar ainda maior quando o falecido tem tamanhos “fora do padrão”, o que exige da funerária contratada uma urna sob medida. “Mas o serviço não é só esse. Tem o carro para fazer o transporte do corpo até a residência e cemitério, o local do funeral, procedimentos do sepultamento e etc. É um trabalho complexo”, explicou Antônio Coutinho, dono de uma funerária no Boulevard, Zona Centro-Sul.

O drama de desembolsar uma boa grana foi vivenciado pelos familiares do feirante João de Deus de Santos, 30, que faleceu esta semana vítima de uma parada cardíaca. O homem pesava 228 quilos, mas o SOS Funeral não possuía de imediato uma urna que o coubesse. A solução encontrada pela família foi pagar cerca de R$ 4 mil para custear os gastos do funeral e encontrar uma urna para o tamanho dele. O homem estava morto há mais de 17 horas.

Sem estoque

Ainda de acordo com o empresário, é difícil fazer estoques de urnas fora do padrão, porque a saída é esporádica e o material pode ficar “empacado” por tempo indeterminado. “Tem urnas que se acabam no estoque porque não é todo dia que vendemos uma ‘baleia’ (tipo de urna), por exemplo. São casos atípicos”, ressaltou.

Coutinho explicou que existem cinco tipos de urnas. A “normal” é para o adulto de 1,90m de altura e com o peso médio de até 90 kg. Já a “gorda” é destinada às pessoas com mais de 100 kg; a “supergorda” para pessoas de 120 kg a 150kg; a “gigante”, para pessoas com mais de 200 kg e a “baleia”, para falecidos com mais de 250kg. “Quando as urnas precisam suportar mais do que isso, o jeito é mandar buscar na fábrica e fazer uma sob medida. E não é só o peso, a altura também influencia”, afirmou. Segundo ele, os preços podem chegar até R$ 12 mil, dependendo do tipo de material e dos apetrechos que as urnas vão ter.

SOS Funeral

Mas para quem não possui condições de arcar com as despesas de um funeral, a Prefeitura oferece o SOS Funeral, serviço gratuito para atender famílias de baixa renda. O SOS Funeral funciona 24 horas e oferece o caixão, o traslado do corpo até o local do enterro, transporte dos familiares e isenção das taxas do cemitério. Por mês são 255 atendimentos, com urnas que vão de 60cm a 2m de altura. A família de João de Deus foi ressarcida após o enterro.

IML só em outros casos

Para quem não sabe, apenas o SOS Funeral tem competência para remover mortes naturais. O Instituto Médico Legal (IML), só faz remoção em casos de morte violenta, suspeita de negligência médica ou de pessoas não identificadas.

Publicidade
Publicidade