Publicidade
Manaus
ASSALTO

Motorista de ônibus morre após ser esmagado por veículo durante assalto em Manaus

Antônio Bento, de 48 anos, teria percebido que os assaltantes não estavam armados e lutou com um deles. Ele caiu do ônibus e o veículo passou por cima da vítima. Os bandidos fugiram 15/03/2019 às 11:02 - Atualizado em 15/03/2019 às 11:54
Show 06097a3f 24a2 4d69 bf54 b15a9c0cdb57 67ff3405 df9a 4214 8727 5d741bc17b4b
Foto: Jander Robson
Márcia Monteiro Manaus (AM)

Um motorista de ônibus da linha 515, da empresa Expresso Coroado, morreu na manhã desta sexta-feira (15), em Manaus, após ser esmagado pelo veículo durante um assalto cometido por dois homens na avenida Sete de Setembro, no Centro da capital.

Antônio Bento Silva Filho, de 48 anos, que já trabalhava há cerca de seis anos na empresa, estava em mais um dia de serviço quando saiu para a primeira corrida do dia. Já na volta para a garagem, por volta das 5h30 de hoje, num trecho no início da avenida Sete Setembro, dois homens entraram no coletivo e anunciaram o roubo.

Segundo testemunhas, quando a dupla foi pegar a renda com a cobradora o motorista teria percebido que os homens não estavam armados e travou luta corporal com um deles. O motorista José Bento teria deixado o freio de mão destravado e, durante a briga, se desequilibrou e caiu do ônibus em via pública, quando o veículo passou por cima do tórax dele. Os criminosos fugiram levando o celular da vítima.

José Bento chegou a ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado para o Hospital Pronto-Socorro 28 de Agosto, no Adrianópolis, porém, faleceu por volta das 9h após passar por três paradas cardíacas.

César Colares Lopes, do Conselho Fiscal do Sindicato, disse à reportagem que a empresa sofre dentro dos coletivos pelo menos um assalto por dia e que os rodoviários deverão se reunir ainda hoje para deliberar sobre uma paralisação para exigir segurança.

O velório do motorista deve acontecer em uma igreja Assembleia de Deus, no bairro do Grande Vitória, na Zona Leste, mesmo bairro onde o José Bento morava.

Publicidade
Publicidade