Publicidade
Manaus
Manaus

Motorista de ônibus se fantasia de Papai Noel todos os anos e leva magia do Natal para passageiros

No transporte público de  Manaus, crianças e adultos pegam uma carona com o bom velhinho que recebe cartinhas, entrega brinquedos e distribui sorrisos 22/12/2014 às 22:12
Show 1
Motorista enfrenta o calor manauara debaixo da fantasia do bom velhinho
Cynthia Blink Manaus (AM)

Todo mês de dezembro o motorista Ismael Rosa se transforma no Papai Noel e faz do ônibus um “trenó”. Não tem passageiro que resista ao clima de Natal, crianças e adultos sorriem ao entrar no ônibus decorado de vermelho com bolinhas douradas e com o próprio Papai Noel no volante, tocando o sino e desejando a quem encontra pelo caminho um “Feliz natal, ho-ho-ho!”.

As crianças ganham bombons, tiram fotos e entregam suas cartinhas, que ficam pertinho do Papai Noel até o fim do dia. “Depois encaminho as cartinhas para a empresa e, todo dia 24, entrego os brinquedos em uma comemoração que organizamos para as crianças”, diz Ismael Rosa, apontando para as cartas recebidas em uma manhã, algo em torno de 20 correspondencias ou um pouco mais, endereçadas ao “Querido Papai Noel”.

Roupa X calor

Para Ismael, a roupa de seda vermelha com mangas longas, as luvas brancas e as botas pretas não são tão quentes quanto os outros podem imaginar. “Essa minha roupa veio do Polo Norte, não é nada quente”, brinca, suado, o motorista, que não esquece as luvas brancas nem na hora de se transformar no Papai Noel motorista. Ele não tira nenhuma peça do vestimento  durante toda a viagem pelas ruas de  Manaus, de 5h40  até  14h, de domingo a domingo.


Recompensa

“Na verdade, o sacrifício é recompensado a cada sorriso de criança, que não é nada falso. A gente sabe que as crianças são autênticas, elas não estão só sendo educadas, estão realmente felizes em encontrar o Papai Noel”, confessa, emocionado.

Palavras confirmadas em uma paradinha de uns 3 minutos  para entregar bombons às crianças que estavam brincando no quintal de casa e viram o “trenó” se aproximar. Nenhum passageiro do ônibus ficou irritado com a pequena demora, todos preferiram observar a beleza da cena. “Os adultos também ficam felizes e vêm fazer foto comigo, já tem foto minha sendo vista até nos Estados Unidos. Eles colocam nas redes sociais e isso se espalha pelo mundo”, revela Ismael, que afirma nunca ter conhecido um Papai Noel na infância. “Não tive essa oportunidade, mas sou o Papai Noel agora. A gente ganha pouco, mas deixa o ambiente mais alegre! É o verdadeiro espírito de Natal, levar felicidade ao próximo”, resume Ismael Rosa.


Publicidade
Publicidade