Publicidade
Manaus
ÓBITO

Motorista invade calçada e mata dois idosos na av. Major Gabriel, em Manaus

Três idosos estavam sentados em frente a uma lanchonete quando foram surpreendidos por um motorista embriagado e em alta velocidade. Apenas um sobreviveu 18/02/2018 às 10:36 - Atualizado em 18/02/2018 às 17:32
Show 68d26649 e4e1 418d 9dce 4857e7cb17b2
Foto: Divulgação
Conceição Melquíades Manaus (AM)

Um motorista embriagado invadiu uma calçada, atropelou e matou dois idosos na noite deste sábado (17) na avenida Major Gabriel, no bairro Centro, na Zona Sul de Manaus. Três idosos estavam sentados e comendo em frente a uma lanchonete na via quando foram surpreendidos pelo motorista em alta velocidade e com sinais de embriaguez. Apenas uma das vítimas sobreviveu.

As vítimas fatais são o oficial militar aposentado Almir de Alencar Sobreira, de 77 anos, e o também aposentado Jefferson Cassiano Veiga da Silva, de 79 anos. A vítima sobrevivente é o empresário José Lázaro Conte, de 72 anos, que sofreu ferimento na direita. Todos os três eram amigos. O motorista foi identificado como Welington Silva de Almeida, de 31 anos. Ele foi preso e indiciado por homicídio culposo de trânsito majorado e lesão corporal.

Foto: Divulgação

Segundo o idoso sobrevivente, Lázaro Conte, os três estavam sentados e reunidos em uma mesa em frente ao estabelecimento comercial por volta das 21h de ontem quando o motorista do veículo Fiat Strada, de cor branca e placas PHC-5632, perdeu o controle da direção e colidiu contra eles. “Um carro veio em alta velocidade, aproximadamente a 120 quilômetros por hora, nos pegou sentados do lado de uma lanchonete. Nós estávamos lanchando. Foi um livramento”, disse emocionado, Lázaro Conte, em entrevista ao Portal A Crítica.

De acordo com a vítima sobrevivente, o condutor do veículo apresentava sinais de estar sob efeito de bebida alcoólica. Com a batida, o condutor também sofreu escoriações. Após a batida, os moradores do local cercaram o carro e detiveram o motorista até a chegada da polícia. Lázaro Conte, o sobrevivente, foi socorrido e levado ao Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, de onde já recebeu alta. Hoje pela manhã, ele já estava de volta para casa.

A dona de casa Almira Conte, irmã de uma das vítimas fatais – do oficial militar aposentado Almir de Alencar Sobreira, de 77 anos – disse que é comum durante finais de semana veículos trafegarem na avenida Major Gabriel em alta velocidade. Segundo ela, motoristas aproveitam a ausência de câmeras de vigilância para ultrapassar o limite de velocidade e dirigir perigosamente.


Foto: Divulgação

Publicidade
Publicidade