Publicidade
Manaus
PROTESTO

Motoristas de apps fazem manifestação após morte de colaborador da Uber

A manifestação ocorreu na avenida Djalma Batista. Sidney Barbosa de Araújo, 41, foi encontrado morto na manhã de hoje em um matagal no São José 28/09/2018 às 17:43
Show luto bedd5d32 c871 4812 8aed 180cc525980a
Foto: Divulgação
Izabel Guedes Manaus (AM)

Motoristas de aplicativos fizeram um protesto na tarde desta sexta-feira (28) pedindo mais segurança na capital. A manifestação, que aconteceu na Avenida Djalma Batista, deixou o trânsito congestionado no local.

Com os carros parados em uma das faixas da via, os manifestantes pediam justiça e mais segurança. No vidro dos carros a palavra “luto” simbolizava a solidariedade pela morte do motorista Sidney Barbosa de Araújo, 41, que foi encontrado na manhã de hoje morto em um matagal, no bairro São José, na Zona Leste.

O motorista do aplicativo Thiago Leal trabalha na função por cerca de um ano e reclama da falta de insegurança na cidade. “Já passei por situações complicadas. A gente vive no risco e tem zero de segurança. Algo precisa ser feito”, reclamou.

Lucio Fernandes também atua como motorista de aplicativo ha três meses e reclama da situação violenta da cidade. “Não temos segurança nenhuma. E para evitar riscos até criamos um sistema de monitoramento próprio. A situação está sem controle na cidade. A gente só quer trabalhar em paz”, comentou.

O protesto durou cerca de uma hora e agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans) e a Polícia Militar estiveram no local para controlar a situação.

Publicidade
Publicidade