Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
Manaus

Mototaxista é morto em Manaus após ter cobrado dívida

Segundo familiar da vítima, o motivo teria sido uma desavença entre um rapaz não identificado e Raimundo por causa da compra de uma moto. 



1.gif Dez tiros efetuados por homem ainda não identificado atingiram a lanchonete, localizada no bairro Alvorada 2.
03/08/2013 às 13:10

O mototaxista Raimundo Alves da Conceição Neto, 33, foi morto por volta das 21 h da última sexta-feira (02), vítima de seis disparos efetuados por um homem ainda não identificado. Segundo testemunhas, Raimundo estava em uma lanchonete localizada na Av. J com a Rua 7, Alvorada 2, Zona Centro-Oeste de Manaus.

Raimundo trabalhava num ponto próximo ao local quando resolveu ir ao estabelecimento. Em seguida, dois homens numa moto se aproximaram e um deles executou dez disparos, sendo que seis atingiram o mototaxista. As pessoas que trabalhavam com Raimundo afirmam que ele era um homem tranqüilo e não estava envolvido com nenhum tipo de ilegalidade.

De acordo com a irmã da vítima que preferiu não se identificar, a causa do homicídio pode ter sido o fato de Raimundo ter pego de volta uma moto que vendeu a um rapaz ainda não identificado que não teria pago o valor estipulado pela motocicleta. Testemunhas também afirmam que os dois homens que executaram os disparos estavam de capacete, por isso, não há como saber se o rapaz que teve a moto tomada por Raimundo está ou não envolvido no crime.

O velório está sendo realizado na Paróquia Nossa Senhora de Auxiliadora, localizada na Av. “C”, Alvorada I. O crime deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.