Publicidade
Manaus
Manaus

Mototaxista e passageira são atropelados por ônibus, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus

Motorista do coletivo, da linha 542, disse que não se considera culpado e que não vinha em alta velocidade 16/08/2015 às 15:51
Show 1
Ônibus fazia curva no momento do acidente
Kamyla Gomes Manaus (AM)

Um mototaxista identificado como Clenio Santana Lopes, de 52 anos, morreu e Isete Marciana Farias, de 39 anos, que estava na garupa da motocicleta, ficou gravemente ferida após um ônibus da linha 542 passar por cima dos dois. O acidente aconteceu logo depois de uma curva na avenida Beira Rio, bairro Coroado, por volta de 12h50 deste domingo.

A passageira da moto teve uma fratura exposta e foi encaminhada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), para o Hospital e Pronto Socorro João Lúcio.

Curiosos ultrapassam faixa de interdição para registrar cena (Foto: Aguilar Abecassis)

O motorista do ônibus, Sérgio Pires, de 38 anos, disse que não se considera culpado e que não vinha em alta velocidade.

“Estava desembarcando passageiro na hora, observei para fazer a conversão, que é um cruzamento muito perigoso. Quando fiz a conversão, o mototaxista vinha em alta velocidade e infelizmente ele não conseguiu desviar e ele entrou debaixo do ônibus, onde eu parei na hora. Foi algo muito rápido”, relatou.

“Eu tenho testemunhas e temos como nos respaldar. Nosso limite é 40 quilômetros no máximo para embarcar e desembarcar passageiros. Aqui nessa via não tem como andar em alta velocidade”, completou.

Familiares do mototaxista, duas filhas e um filho, estiveram no local e estavam muito abalados pela morte dele, que é do Maranhão.

Apoio

O perito da empresa de ônibus Expresso Coroado, Carlos Alberto disse que a empresa acompanhará o caso e que prestará apoio às famílias das vítimas. “A Polícia Civil fará a parte dela e a empresa também se pronunciará com o que for necessário. Realmente foi um acidente e ajudaremos no que for necessário”, destacou.

Policiais da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e bombeiros estiveram no local para aguardar o Instituto Médico Legal (IML) para remoção do corpo de Clenio.

*Atualizada às 15h50 para acréscimo de informações

Publicidade
Publicidade