Publicidade
Manaus
TRÂNSITO

Mototaxistas e vereadores debatem decreto que regulamenta a profissão em Manaus

O decreto municipal prevê algumas restrições à categoria. Cerca 100 mototaxistas participam da audiência pública, além de representantes do SMTU, Manaustrans e Detran 27/04/2016 às 16:13 - Atualizado em 27/04/2016 às 17:01
Show aaa
Entre os principais descontentamentos da categoria está a proibição de mototaxistas poderem circular no Centro da cidade e o pagamento de um seguro de vida, independente do seguro DPVAT (Foto: Antônio Lima)
kelly melo

Cerca de 100 mototaxistas participam de uma audiência pública na Câmara Municipal de Manaus (CMM), na tarde desta quarta-feira (27), para debater com órgãos do município e do estado o decreto municipal publicado em março que regulamenta a profissão e prevê algumas restrições a categoria.

Entre os principais descontentamentos da categoria está a proibição de mototaxistas poderem circular no Centro da cidade e o pagamento de um seguro de vida, independente do seguro DPVAT.

"Nossa intenção é  discutir os problemas e poder criar emendas à lei, pois o motoxista paga altas taxas para o município e precisamos de algumas mudanças na lei", explicou o presidente do Sindicato dos Mototaxistas profissionais  (Sindmoto), Anderson Souza.

Participam da audiência o diretor de transportes da Superintendência  Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Thiago Balbi, vereadores Waldemir José  (propositor da audiência), Elias Emanoel, além de representantes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito  (Manaustrans) e Departamento Estadual de Trânsito  (Detran).

Publicidade
Publicidade