Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019
CAIXA

Movimentação de agências da Caixa é intensa no primeiro dia de saque de contas inativas

A Caixa Econômica Federal estima que 341 mil amazonenses tenham saldo disponível para saque das contas inativas



df.jpg (Foto: Aguilar Abecassis)
10/03/2017 às 12:00

A movimentação no primeiro dia de retirada das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) foi intensa nas agências da Caixa em Manaus. A Caixa estima que 341 mil amazonenses tenham saldo disponível das contas inativas.

Na agência bancária localizada na rua do Comércio, no Parque 10, um grande fluxo de pessoas foi registrado por volta das 11h, embora todas as agências tenham aberto as portas mais cedo, às 8h.



A babá Elizabete Soares, 49, tem disponível cerca de R$ 1.200 devido a dois empregos. Ela disse ainda não ter planos do que fazer com o dinheiro, porém, adiantou que deve dar prioridade ao pagamento de contas. "Vou sacar tudo de uma vez. Vou pagar umas contas agora e ainda não sei o que fazer com o restante, mas sei que vou gastar", dias ela.

Na agência, a quantidade de pessoas era ainda maior para saber se havia ou não saldo disponível. A funcionária pública Legiane Mitoso aguardava para pegar uma senha em uma fila com pelo menos 30 pessoas.

"Quero saber se tenho saldo disponível. Faz tempo que não trabalho então não sei se tenho alguma coisa. Mas se tiver, é um dinheiro que é meu então preciso tirar".

A dona de casa Soraia Gonçalves reclamou da espera. "Estou esperando há 1h30 para retirar o dinheiro. É complicado porque é o primeiro dia. Acho que faltava uma preparação melhor pra receber essa quantidade de pessoas".

Manhã intensa

Até às 11h de hoje, primeiro dia de saque das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por pessoas nascidas nos meses de janeiro e fevereiro, a Caixa já tinha feito 700 mil pagamentos, liberando um total de R$ 163 milhões a 320 mil trabalhadores.

Quem tem direito

Pode sacar a quantia parada em contas inativas quem teve contratos de trabalho encerrados até 31 de dezembro de 2015. Os nascidos em março, abril ou maio receberão a partir de 10 de abril. Em 12 de maio começa a liberação dos recursos de quem nasceu em junho, julho e agosto. Os aniversariantes de setembro, outubro e novembro poderão sacar os valores a que têm direito a partir de 16 de junho. Por fim, a partir de julho será liberado o dinheiro dos nascidos em dezembro.


Mais de Acritica.com

18 Nov
bradesco_C22DD61C-FE71-4FDD-BB1B-A5B7C048EF01.JPG

TRT11 celebra acordo de R$ 1,1 milhão entre Bradesco e ex-funcionária

18/11/2019 às 11:20

A bancária ingressou com reclamação trabalhista contra o HSBC e o Bradesco em novembro de 2016, pretendendo receber o pagamento de diferenças salariais, horas extras, tempo a disposição da instituição financeira durante as viagens, além indenização pelos danos morais sofridos no ambiente de trabalho


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.