Publicidade
Manaus
DJALMA BATISTA

Em protesto, movimentos Bolsonaro e Patriotas AM pedem condenação de Lula

Durante o ato, os manifestantes aproveitaram para prestar apoio à candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) 23/01/2018 às 20:02 - Atualizado em 24/01/2018 às 17:21
Show movimentos
Foto: Antonio Lima
Vitor Gavirati Manaus (AM)

Cerca de 150 pessoas, entre integrantes dos movimentos Bolsonaro Amazonas e do Patriotas Amazonas, pediram em protesto nesta terça-feira (23), na avenida Djalma Batista, na Zona Centro-Sul de Manaus, a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá (SP). O petista será julgado nesta quarta-feira (24), em Porto Alegre, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

De acordo com o integrante do Bolsonaro Amazonas, Renner Rodrigues, o objetivo do ato é pedir a prisão de Lula. “Ele é o maior corrupto do Brasil. Queremos também mostrar o repúdio da sociedade com a corrupção e a roubalheira no País”, afirmou.

“Nós queremos que a Justiça seja feita, que Lula seja condenado. [...] O que temo é a corrupção, a troca de favores”, acrescentou Alírio Bruno, que não faz parte de nenhum dos grupos organizadores do protesto.

Durante o ato, os manifestantes aproveitaram para prestar apoio à candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), pré-candidato à Presidência do Brasil.

Apoio ao Lula 

A favor da absolvição de Lula, militantes do PT, do PCdoB e de movimentos sociais, como o Movimento Sem Teto (MST), prometeram pernoitar hoje em frente ao prédio da Justiça Federal do Amazonas, localizado na avenida André Araújo, no bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul de Manaus. O ato é em favor da absolvição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá (SP), processo em que foi condenado em primeira instância pelo juiz Sérgio Moro.

Publicidade
Publicidade