Publicidade
Manaus
FORMADA

MP-AM define lista tríplice para escolher novo Procurador-Geral de Justiça; confira

A lista com os três nomes será encaminhada ao Governador do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT), que escolherá o novo chefe da instituição no prazo de 15 dias 10/09/2018 às 19:14
Show lista ddd75453 53a4 4cfc b379 0161d983907b
Na imagem, os candidatos que estão na lista tríplice. Foto: Divulgação
Rebeca Almeida Manaus (AM)

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) definiu a lista tríplice para o cargo de Procurador-Geral do Estado. Com quatro concorrentes, a mais votada para preencher a vaga foi a Subprocuradora-Geral de Justiça para Assuntos Administrativos Leda Mara Albuquerque, com 123 votos. Logo em seguida, o Procurador de Justiça José Roque Marques e o Promotor Paulo Stelio foram os mais votados com 89 e 80 votos, respectivamente.

A votação realizada por Promotores de Justiça e Procuradores de Justiça do MP-AM contou com 162 votantes ao total e apenas 10 abstenções. Além dos três mais votados, o promotor  Reinaldo Alberto Nery também disputava por uma vaga na lista, ficando com 76 votos.

A partir da votação, a lista com os três nomes será encaminhada ao Governador do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT), o qual escolherá o novo chefe da instituição no prazo de 15 dias. O sucessor do atual PGJ, Carlos Fábio Monteiro, assumirá o biênio 2018-2020 à frente do MP-AM.

Candidatos

A candidata mais votada no pleito interno do MP possui um histórico  de atuação em temas como educação  e violência contra a mulher. No final de agosto, a subprocuradora-geral presidiu a solenidade de abertura do IV Seminário de Combate à Violência contra a Mulher no Amazonas - 12 anos da Lei Maria da Penha do MP. Durante audiência sobre inclusão de projeto pedagógico bilíngue libras/língua portuguesa em  julho deste ano, a subprocuradora-geral enfatizou a atuação do MP em  dos interesses sociais como a educação inclusiva.

Da mesma forma, o Procurador  José Roque Marques também possui atuação notória na área da educação. No início deste ano, Marques recebeu e medalha Professor Roberto dos Santos Vieira, maior condecoração conferida pelo Programa de Pós-graduação em Direito Ambiental da Universidade Federal do Amazonas. O procurador também foi coordenador do Centro de Apoio  de Proteção e Defesa dos Direitos Constitucionais do Cidadão,  do Consumidor e da Defesa do Patrimônio Público no MP-AM.

Já o promotor Paulo Stelio possui histórico de atuação em temas relativos aos patrimônios urbanos  do Estado, principalmente por sua presença como coordenador do Centro de Apoio das Promotorias de Justiça Especializadas na Proteção e Defesa do Meio Ambiente, Patrimônio Histórico e da Ordem Urbanística do MP-AM. Como coordenador, Stelio já realizou pedidos como o julgamento de ação civil pública sobre imóveis abandonados em Manaus e o pedido pela manutenção à Ponte do Educandos.

Publicidade
Publicidade