Publicidade
Manaus
Irregularidades

MP-AM emite parecer pela reprovação das contas da campanha de Artur Neto

A decisão foi baseada no relatório da Comissão de Prestação de Contas de Campanha do TRE-AM, que também pediu a desaprovação das contas 14/12/2016 às 14:18 - Atualizado em 14/12/2016 às 15:14
Show 1171931
(Foto: Winnetou Almeida)
acritica.com Manaus (AM)

O Ministério Público do Amazonas (MP-AM) emitiu nesta quarta-feira (14) um parecer pela reprovação das contas da campanha do prefeito de Manaus Artur Neto (PSDB). A decisão foi baseada no relatório apresentado ontem pela Comissão de Prestação de Contas de Campanha da Justiça Eleitoral do Amazonas, que também pediu a desaprovação das contas, baseados em irregularidades.

O parecer do MP-AM é assinado pelas promotoras eleitorais Simone Braga Luniere e Cley Barbosa Martins. “Em consonância com o relatório emitido pela Comissão de Prestação de Contas de Campanha da Justiça Eleitoral do Amazonas, opina o MPE pela desaprovação da prestação de contas da candidato Arthur Virgílio do Carmo Ribeiro Neto, nas eleições municipais 2016”, afirmaram as promotoras.

Entre as irregularidades que basearam a desaprovação da Comissão de Prestação de Contas de Campanha do TRE-AM estão despesas como a hospedagem em um hotel da capital, no valor de R$ 12,9 mil, a emissão de uma nota fiscal referente à pesquisa eleitoral no valor de R$ 230 mil, que não foi paga à empresa, e a inexistência de comprovantes de despesas que superam R$ 1 milhão.

O julgamento final da aprovação ou reprovação das contas de campanha do candidato tucano estão sob a responsabilidade do juiz Gil do Carvalho, casado com a psicóloga Ana Lúcia, que é cargo comissionada na Prefeitura de Manaus. O magistrado tem prazo para emitir a decisão até sexta-feira (16).

O parecer da Comissão de Prestação de Contas de Campanha da Justiça Eleitoral do Amazonas é baseado na Resolução 23.463/2015, que dispõe sobre a arrecadação e os gastos de recursos por partidos políticos e candidatos e sobre a prestação de contas nas eleições de 2016.

No 1º turno das eleições deste ano, realizada no dia 2 de outubro, a reportagem de A CRÍTICA registrou o então candidato à reeleição, prefeito Artur Neto, deixando, às 9h, o Hotel Caesar Business, que fica localizado na avenida Darcy Vargas, no bairro Parque Dez, na Zona Centro-Sul de Manaus.

Publicidade
Publicidade