Domingo, 29 de Novembro de 2020
Manaus

MPE quer anulação de concurso da Semsa em Manaus

Órgão ajuizou Ação Civil Pública com essa finalidade, alegando que houve diversas irregularidades



1.gif As candidatas Juliana Afonso e Simone Russo fizeram protesto isolado denominado os "Palhaços da Semsa", na unidade onde fizeram as provas
29/06/2012 às 07:28

O Ministério Público do Estado do Amazonas, através da 54ª Promotoria de Justiça Especializada na Proteção e Defesa dos Direitos Constitucionais do Cidadão (Prdodedic), ajuizou nesta quinta-feira (28) uma Ação Civil Pública com pedido liminar para anular os concursos públicos para provimento de 1.910 vagas da Secretaria Municipal de Saúde de Manaus (Semsa).

Motivaram o pedido as diversas irregularidades ocorridas durante a aplicação das provas, o que, para o MPE, evidenciam o descumprimento do contrato firmado com a empresa Cetro Concursos.



Dentre as irregularidades apontadas na ação, estão o atraso na entrega de provas a candidatos ao cargo de assistente administrativo na prova na Faculdade Metropolitana (Fametro); a não aplicação de prova a todos os candidatos inscritos; conteúdo de prova em desacordo com o conteúdo programático previsto em Edital; repetição de questões idênticas em provas para cargos com níveis de escolaridade distintos; a não divulgação da relação nominal de inscritos; repetição sucessivas de questões com a mesma alternativa correta; e divulgação antecipada de gabarito.

Dezenas de candidatos ao concurso da Semsa dirigiram denúncias ao MPE através da Central de Atendimento ao Público, e pelo Disque Denúncia 0800-092-0500 e pelo Denúncia on-line, plataforma disponível no portal do MP-AM para fazer denúncias. O processo foi distribuído à 1ª Vara da Fazenda Pública Municipal.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.