Publicidade
Manaus
Manaus

Mulher cai de garupa de moto e é atropelada por caminhão, na ZL

Milene Adriana Santos Aguiar, de 42 anos, morreu na hora. Os condutores da motocicleta e do veículo pesado fugiram com medo de linchamento. Bombeiros levaram quase duas horas para retirar o corpo debaixo do caminhão 12/11/2015 às 08:58
Show 1
Foi utilizada uma almofada pneumática para manter o corpo o mais preservado o possível para o trabalho dos peritos
rafael seixas Manaus (AM)

Milene Adriana Santos Aguiar, de 42 anos, morreu nesta quarta-feira (11) em um acidente de trânsito na rotatória da Samsung, no bairro Armando Mendes, na Zona Leste de Manaus.

A auxiliar de cozinha estava na garupa de uma motocicleta, quando o condutor tentou fazer uma ultrapassagem, por volta das 18h, e derrapou, segundo populares. A mulher caiu e foi atropelada por um caminhão. O corpo dela foi esmagado pelo veículo e ficou preso nas rodas traseiras.

O caminhão, de placas JXA-1636, pertence a empresa SMJ Transportes. O motorista, que ainda não teve o nome revelado, fugiu do local. Ele ligou para a polícia informando que o ameaçaram de linchamento e que por isso fugiu. O homem disse que vai se entregar.


Foto: Rafael Seixas

O condutor da motocicleta era ex-marido de Milene, Erlon Ferreira Matos, 39, segundo informou o irmão da vítima, Marcos Antônio, 44. Erlon também fugiu do local. De acordo com Marcos Antônio, a mulher voltava para casa, no bairro Zumbi dos Palmares 2, que fica próximo ao local do acidente. A vítima deixa cinco filhos.

Hora do rush: trânsito ficou complicado nos arredores do acidente (Foto: Reprodução/Ciops/Thaise Rocha)

O trânsito no local ficou lento por causa do acidente e agentes do Instituto Municipal de Transportes Urbanos (Manaustrans) ajudaram a reorganizar o tráfego. Bombeiros e peritos atuaram na retirada do corpo, que foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML), por volta das 19h50.

Publicidade
Publicidade