ZONA LESTE

Mulher é agredida por familiares após pedir seu dinheiro do Auxílio Emergencial

A vítima diz ter deixado R$ 600 com os familiares enquanto foi ao hospital fazer testagem para o novo coronavírus

Jan Nogueira
18/07/2020 às 15:51.
Atualizado em 10/03/2022 às 06:28

(Foto: Jan Nogueira )

Uma mulher de 19 anos, de nome não divulgado, foi agredida pela própria família, na manhã deste sábado (18), após ter reivindicado o Auxílio Emergencial que havia sido furtado pelos parentes. As agressões, segundo a vítima, aconteceram na residência onde eles moram, localizada no bairro Nova Vitória, Zona Leste de Manaus.

De acordo com a jovem, ela havia deixado o filho pequeno com a mãe e a irmã para ir a um hospital fazer testagem para o novo coronavírus. Por uma questão de segurança, também deixou R$ 600 do Auxílio Emergencial no local.

"Quando eu retornei para pegar meu filho, minha mãe me bateu e a minha irmã já veio com uma pernamanca, e atingiu a minha cabeça", desabafou a vítima.

A mulher afirmou que o valor de R$ 600 iria ser utilizado para comprar mantimentos para o filho, que possui deficiência nos pés.

"O meu auxílio era para o meu filho, para comprar as coisas para ele. Como não trabalho, fui aprovada para receber. Deixei meu filho com elas, que devem tê-lo maltratado muito. Fui pedir o dinheiro e elas me bateram. Sorte minha foi que os vizinhos me socorreram", afirmou a garota, acrescentando que precisou ir a uma unidade hospitalar receber curativos.

Um boletim de ocorrência por agressão foi registrado no 14° Distrito Integrado de Polícia, ainda na manhã deste sábado.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por