Segunda-feira, 22 de Julho de 2019
INVESTIGAÇÕES

Mulher que acusou vizinho de agressão por homofobia presta depoimento em delegacia

A vítima afirmou que o "caso está sendo apurado com muita lentidão". Nesta sexta-feira (2), será realizada uma passeata na capital pedindo o fim da violência contra a mulher



mulher_agredida_em_MAO.JPG A mulher chegou na delegacia acompanhada de representantes de grupos sociais (Foto: Jander Robson)
02/02/2018 às 12:28

A instrutora de informática, Mary Lúcia, de 45 anos, que foi agredida no rosto e acusou o vizinho de ter cometido o crime por homofobia, prestou depoimento na manhã desta sexta-feira (2), no 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Ela chegou ao local acompanhada de representantes de grupos que pedem o fim da violência contra a mulher em Manaus;

Na delegacia, a vítima afirmou que o "caso está sendo apurado com muita lentidão". Segundo ela, "até agora nada foi feito para que o agressor fosse punido".

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Florismar Ferreira, que também esteve na delegacia na manhã desta sexta-feira (2), afirmou que a mulher precisa ter direitos revistos, seja homossexual  ou não. De acordo com ela, o Estado do Amazonas e a Prefeitura de Manaus não estão cumprindo com o papel na sociedade.

A representante do conselho municipal também destacou que vai acompanhar o andamento do caso, para que "não cai no esquecimento". Uma passeata sobre o tema será realizada a partir das 15h desta sexta-feira (2), na Praça da Saudade, localizada no Centro de Manaus. 

Entenda o caso

Mary Lúcia, foi agredida na frente da própria residência na última segunda-feira (29), no bairro Colônia Terra Nova, Zona Norte. Na ocasião, o agressor que é lutador de artes marciais, desferiu vários golpes no rosto da mulher. 

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.