Publicidade
Manaus
Manaus

Multas aplicadas pelos agentes do Manaustrans crescem 7,4%

Segundo assessoria do órgão esse aumento aconteceu em decorrência da presença constante dos agentes de trânsito nas ruas e de operações rigorosas 22/03/2014 às 08:45
Show 1
Faixa exclusiva do BRS, na Constantino Nery, certamente fará aumentar o número de multas expedidas em Manaus
Jessica vasconcelos ---

O número de multas aplicadas pelo Instituto Municipal de Engenharia de Trânsito (Manaustrans) subiu 7,4% nos dois primeiros meses do ano se comparado com o mesmo período do ano passado. Segundo a assessoria de comunicação do órgão esse aumento aconteceu em decorrência da presença constante dos agentes de trânsito nas ruas e de operações de rotina mais rigorosas.

As ocorrências aumentaram principalmente nas chamadas multas convencionais, que são aquelas aplicadas pelo próprio agente de trânsito. Entre os principais erros dos condutores está estacionar em locais proibidos, avançar o sinal vermelho, estacionar no passeio, falta do uso de cinto de segurança e utilizar celular enquanto dirige. Em janeiro e fevereiro de 2013 somente as multas por estacionamento irregular somaram 2.341 mil casos enquanto em 2014 o número chegou a 5.520 mil.

De acordo com o Manaustrans as autuações eletrônicas reduziram, mesmo que ainda ocupem o primeiro lugar no ranking das infrações, pois em janeiro de 2013 o número de flagrantes foi de 7.478 mil enquanto em 2014 foram registradas 6.637 mil multas. Ainda de acordo com o Manaustrans esse resultado significa que os condutores estão mais atentos aos radares e obedecendo à redução de velocidade determinada nas vias onde estão instalados os equipamentos de fiscalização eletrônica .

Para os condutores esse aumento demonstra que as infrações de trânsito se tornaram uma máquina de fazer dinheiro gerida pela prefeitura.

Segundo o professor Paulo Fonseca, 58, os agentes de trânsito aplicam as multas sem atentar para as circunstâncias em que o condutor cometeu a infração. “Na avenida Ayrão, bairro Praça 14, não existe local para os alunos e professores da faculdade de Medicina estacionar e mesmo assim, os agentes multam diversos veículos todos os dias”, acrescentou o professor.

De acordo com o Manaustrans é errado dizer que a prefeitura “faturou” com as multas, pois os números só passam a ser contabilizados como multas, quando o infrator paga a autuação ou seja, os acréscimos referem-se apenas às infrações registradas.

Ainda de acordo com o Manaustrans não é possível identificar onde mais são registradas multas, mas as operações do órgão são realizadas diariamente em todas as zonas da cidade. No entanto, elas têm sido intensificadas nas Zonas Sul e Leste.

Publicidade
Publicidade