Publicidade
Manaus
Cotidiano, Temporal, Chuvas, Parque São Pedro, São Francisco, Petropolis, alagação, Desabamento, Corpo de Bombeiros

Muro de condomínio destrói casas na Zona Sul de Manaus e deixa feridos

Represamento de água na base do muro do residencial Piemonte, no bairro São Francisco, teria contribuído para que o mesmo caísse atingindo sete casas, além de ferir um adolescente e um menino de 8 anos 15/02/2013 às 16:41
Show 1
Das sete casas atingidas, três foram totalmente destruídas e outras quatro parcialmente
Síntia Maciel e Náferson Cruz Manaus

Sete casas foram atingidas pelo muro do condomínio Piemonte, localizado no bairro São Francisco, na Zona Sul de Manaus, durante o temporal registrado no início da tarde desta sexta-feira (15), em Manaus.

Os irmãos José Cássio, 16, e Bruno Gomes, 8, foram atingidos pela queda do muro de aproximadamente 6 metros de altura. Ambos foram socorridos e encaminhados para a unidade infantil do Hospital João Lúcio, no bairro São José, na Zona Leste de Manaus. Conforme os relatos do pai das vítimas, o autônomo Carlos Alberto Gomes, 50, o filho mais novo foi atingido na cabeça.

Das sete casas atingidas, três foram totalmente destruídas e outras quatro parcialmente. De acordo com a síndica do condomínio, Andréa Linhares, as famílias atingidas serão ressarcidas. “Iremos acionar a construtora (LC Arruda Guimarães), para verificar os danos e ressarcir as vítimas”, informou.

Represamento
De acordo com o tenente do Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência, Janderson Lopes, o muro teria desabado em decorrência da pressão da água acumulada em sua base. “Água não estava escoando e por conta do represamento acabou derrubando o muro”, informou o bombeiro.

Outro estrago semelhante promovido pela chuva no início desta tarde foi registrado no bairro Japiim, na Zona Centro-Sul de Manaus, onde um muro caiu por cima de uma residência destruído praticamente todo o imóvel, localizado na travessa Nova Olinda, beco Franco.

Igarapé
Os Bombeiros também registraram a alagação de seis casas, em virtude do transbordamento do igarapé da Cachoeirinha, na Zona Sul de Manaus, no trecho que compreende parte do bairro São Francisco e Petrópolis.

Publicidade
Publicidade