Publicidade
Manaus
FUNCIONALIDADE

Profissionais liberais oferecem serviços como personal diet, stylist e organizer.

A recorrente falta de tempo entre pessoas que têm que conciliar a jornada de trabalho com as tarefas de casa e os cuidados com a família vira o principal ativo para prestadores de serviços especializados 12/03/2017 às 05:00 - Atualizado em 12/03/2017 às 09:00
Show profissionais03
A nutricionista e personal diet, Elizangela Mota, proporciona a reeducação alimentar. (Foto: Rebeca Mota)
Rebeca Mota Manaus (AM)

A recorrente falta de tempo entre pessoas que têm que conciliar a jornada de trabalho com as tarefas de casa e os cuidados com a família vira o principal ativo para prestadores de serviços especializados.

Atualmente tem serviço personalizado para quase tudo: personal diet, trainer, organizer, stylist e do sono. A Elizangela Mota, por exemplo, é uma personal diet. Trata-se de uma nutricionista que acompanha de perto a dieta de uma pessoa ou de uma família inteira, assim como faz o personal trainer.

Ela atende na casa do paciente-cliente. O objetivo é mostrar o caminho correto para a reeducação alimentar. Além de dar instruções sobre cardápios adequados e os valores nutricionais dos alimentos, a personal diet também ensina a fazer listas de compras, a armazenar os alimentos de maneira correta em casa, a entender os rótulos dos produtos, a organizar a geladeira e até pode fazer uma ‘blitz na dispensa’.

A nutricionista Elizangela Mota disse que os resultados obtidos pelas pessoas que procuram um atendimento individualizado são mais eficientes. “Adequar a consulta de acordo com a rotina de cada um. A maior dificuldade das pessoas é conseguir ter uma alimentação correta em casa e no trabalho. Muitas delas não sabem como comprar a comida para preparar em casa”.

A presença do personal diet na rotina do paciente é uma maneira de mudar os maus hábitos alimentares dela. “As pessoas querem fazer dieta, mas não conseguem fazer isso sozinhas, no cotidiano familiar. Quando se faz isso em conjunto, as melhorias são mais evidentes e rápidas. Por isso não é raro o caso em que toda a família consulta um personal diet”, disse Mota.

“A rotina das pessoas não permite ter tempo para cozinhar, a partir disso é que entra o papel da funcionária que cada família tem casa. Uma cozinheira profissional, por exemplo, já tem seus hábitos no preparo dos pratos, mas muitas vezes não faz um prato nutritivo. Quando sou acionada para isso, eu ensino a empregada a fazer pratos mais corretos e ricos em termos de nutrientes”, afirmou a personal diet. 

Preço personalizado
Elizangela Mota conta que o preço das consultas variam de acordo com a necessidade de cada pessoa. Cada atendimento pode custar, em média, até R$ 180 cada. "São necessárias seis consultas para a primeira etapa".

Caso o atendimento incluir outra pessoa, a personal diet cobra R$ 100 a mais.

Para quem quer dar a mesma assessoria para a empregada doméstica, Elizangela recomenda que seja feito um atendimento específico.

Outro serviço personalizado é da personal Stylist, por exemplo, a Dila kotinski que atua em Manaus há mais de cinco anos e conta que desde criança gostava de desenhar roupas, porém seu pai não gostava da profissão, pois afirmava que não ia dar dinheiro.

“Eu fiz o curso de medicina veterinária, mas em seguida fiz o de personal stylist em São Paulo, tive um blog (está fora do ar temporariamente) que ajudou a ganhar proporção a minha carreira e hoje a moda me sustenta 100%. O serviço que eu faço é uma consultoria completa da imagem da pessoa. Eu tento deixar o closet baseado no estilo da cliente. É um serviço personalizado. Vou à casa da cliente e vejo todas peças de roupas que ela tem, ajudo a comprar peças novas e já associo ao serviço de Personal Shopping. Ajudo a consumir sozinha e a calcular o custo benefício daquele produto”, ressalta.

O valor mensal é a partir de R$ 500 e outro tipo de renda através da profissão é pelo Instagram, possuo contrato com aproximadamente 10 marcas anualmente para divulgar produtos.

Um dos projetos futuros é fazer a coleção da ‘moda sem gênero’ que tanto mulher como homem podem usar, sem taxar regras.

Já a personal organizer, Lizzy Oliveira, conta que focou em organizar objetos de residências. O primeiro contato de Lizzy com a área gerou de forma casual. Trabalhando com organização de ambientes desde 2003, ela descobriu a profissão.

“Sempre gostei de organizar os guarda-roupas das minhas tias. Uma vez, por indicação da minha tia, fiz um serviço para uma amiga dela e a mesma me falou sobre essa profissão. A partir daí, fiz curso em São Paulo e atuo em várias residências de Manaus”, explica.

O valor cobrado de Lizzy varia entre R$ 300 a R$ 500, conforme avaliações dos objetos se têm muita coisa para dobrar.

 

Serviço

Personal Diet
Trata-se de uma nutricionista que acompanha de perto a dieta de uma pessoa ou de uma família inteira, assim como faz o personal trainer.

Onde
Atua nas residências para fazer uma reeducação alimentar aos clientes-pacientes.

Contato
(92) 98407-8062
(92) 3645-8120
personaldiet.mota@gmail.com
 

Publicidade
Publicidade