Quarta-feira, 13 de Novembro de 2019
Manaus

Na Semana do Peixe, tambaqui será vendido a R$ 5 o quilo em Manaus

Os peixes, que terão em média dois quilos, serão comercializados no Feirão da Sepror, na Zona Norte de Manaus



1.jpg Feirão da Sepror comercializa produtos de agricultores amazonenses com o intuito de incentivar a venda e o consumo
12/09/2013 às 17:55

A Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), por meio da Secretaria Executiva de Pesca e Aquicultura (Sepa), vai comercializar nesta sexta-feira (13) mais de 4 toneladas de tambaqui ao preço de R$ 5 o quilo.

O pescado será vendido no Feirão da Sepror, localizado no Parque Eurípedes Lins, na avenida Torquato Tapajós, bairro Tarumã, Zona Norte da capital. O peixe, que terá em média 2 quilos, começa a ser comercializado a partir de 8h.



Segundo o secretário de Produção Rural, Eron Bezerra, o preço está muito abaixo do praticado em feiras e supermercados da cidade. O preço médio do quilo do tambaqui, de acordo com o Eron, varia entre R$ 6 e R$ 7.

“Mesmo fora dessa ação, que ocorre em todo o País, o Feirão da Sepror já comercializava o pescado a um preço mais baixo do que o praticado nas feiras da cidade. E amanhã (sexta-feira) o tambaqui vai estar mais barato ainda, como uma forma de incentivar o consumo do peixe em nossa região”, destaca.

A iniciativa, segundo o secretário de Produção Rural, é importante para o desenvolvimento do setor no Estado. Eron lembra que a Sepror já realiza um trabalho deste tipo com o Projeto Peixe Popular que faz parte do Programa Sócio-cultural da Sepror e foi criado em 2007.

Um dos objetivos do projeto, além de levar o pescado a um preço mais acessível à população de baixa renda, é evitar que o excedente da produção do pescado no Amazonas vá parar no lixo. No Peixe Popular, a Sepror assegura a venda de espécies como o pacu e o jaraqui ao preço de R$ 1 o quilo.

Semana do Peixe

A ação faz parte da Semana do Peixe, criada pelo Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) com o intuito de incentivar o consumo de pescados no Brasil. As ações em todo o País tiveram início na primeira semana de setembro e seguem até o final desta quinzena.

Uma das principais propostas é reunir supermercados, restaurantes, Prefeitura e Estado em uma ação conjunta para facilitar o acesso ao pescado, que tem o preço reduzido dentro da Semana do Peixe.

*Com informações da assessoria de comunicação da Sepror


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.