Segunda-feira, 15 de Julho de 2019
Manaus

'Nanico' e mais três detentos são transferidos para presídios federais nesta segunda

A operação foi realizada pela Secretaria de Estado e Justiça e Direitos Humanos (Sejus) e o Departamento Penitenciário (Desipe), com apoio da Polícia Militar (PM)



1.jpg Na última fuga do sistema prisional, no dia 9 de julho deste ano, Alan fugiu e foi recapturado por policiais civis.
05/08/2013 às 10:00

Quatro detentos de alta periculosidade foram transferidos do Amazonas para presídios federais de segurança máxima na manhã desta segunda-feira (5). O objetivo, segundo a força de segurança do Estado, é desarticular o domínio dessas facções criminosas dentro de presídios e nas ruas de Manaus. Entre os transferidos está o traficante e chefe da Família Do Norte (FDN), Alan Souza Cartimário, o ‘Nanico’.

A operação foi realizada pela Secretaria de Estado e Justiça e Direitos Humanos (Sejus) e o Departamento Penitenciário (Desipe), com apoio do Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM). Ainda compõem a lista os presos Ramerson Albuquerque de Oliveira, conhecido como ‘Gogonha’ e que tem atuação no bairro da Praça 14 de janeiro, Gregório Graça Alves, o ‘Mano G’ e Genildo da Silva Saraiva, o ‘Candiru’.

'Nanico', 'Candiru' e 'Mano G' foram transferidos para o presídio federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte (RN) e Gogonha foi levado para a unidade prisional de Porto Velho, em Rondônia (RO). Antes de embarcarem no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, os presos passaram por exames de corpo de delito realizados por um perito do Instito Médico Legal (IML).

Facção Criminosa

Alan Cartimário é apontado como líder da facção criminosa Família do Norte (FDN) após José Roberto Fernandes Barbosa, o “Zé Roberto da Compensa” também ser transferido para um presídio de segurança máxima. Investigações da polícia apontam que mesmo preso, ‘Nanico’ comandava o tráfico de drogas na cidade. Na última fuga do sistema prisional, no dia 9 de julho deste ano, Alan fugiu e foi recapturado por policiais civis.

Candiru é apontado pela polícia como um bandido de alta periculosidade e faz parte da quadrilha comandada por Nanico. Ele foi preso no último dia 12 de julho quando dava apoio à fuga do chefe da facção e tramava levá-lo para Porto Velho.

Detenção

'Nanico' estava cumprindo pena no Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), 'Mano G' no Centro de Detenção Provisória (CDP) e 'Gogonha' e Candiru na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), de onde foram levados por policiais miliatares até o aeroporto.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.