Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020
HOMENAGEADO

‘Não desistam dos seus sonhos’, diz jovem advogado com paralisia cerebral

Werner Lopes passou na OAB na primeira tentativa e recebeu emocionante homenagem na Assembleia Legislativa do Estado nesta terça-feira (27)



SE-WERNER-LOPES_ACA-34.JPG (Foto: Divulgação / ALE-AM)
27/02/2018 às 12:42

O jovem advogado Werner de Albuquerque Lopes, que tem paralisia cerebral, recebeu homenagem nesta terça-feira (27), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM) pela aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Ele foi aprovado este mês, em sua primeira tentativa. "Não tenho palavras para agradecer essa homenagem", afirmou o homenageado, que vai receber sua carteirinha da OAB na primeira quinzena de março.

Diagnosticado com poliomielite (ou paralisia infantil) ainda na infância, ele acabou tendo a paralisia cerebral como consequência da doença. Mesmo assim, Werner nunca desistiu. Concluiu os estudos, finalizou a faculdade de Direito em janeiro deste ano e na sequência conseguiu a aprovação na OAB. O objetivo do jovem, agora, é a magistratura. "Almejo um sonho maior de me tornar um juiz de direito. Sei que a caminhada é árdua, mas não impossível, pois nada é impossível quando temos fé em Deus e força de vontade. Por isso digo: nunca desista de seus sonhos, mesmo que pareçam impossíveis de realizar", declarou.



CONHEÇA MAIS DA TRAJETÓRIA DE WERNER LOPES

O presidente da OAB-AM, Marco Aurélio Choy, levantou a reflexão sobre as homenagens da Casa Legislativa. "Não se traduz a um pedaço de papel, a um mero diploma. É um papel carregado de muita simbologia.  [...] é o reconhecimento do povo do Estado do Amazonas a um grande amazonense", destacou.

"Você é o símbolo para todo cidadão de superação", pontuou o deputado estadual Sinésio Campos (PT) durante o discurso na homenagem ao jovem advogado.

O deputado Serafim Corrêa (PSB) ressaltou a participação dos pais na trajetória de Werner. "Deram tudo de si para viver esse momento bonito, grandioso, muito iluminado", afirmou. 

A homenagem foi de autoria do deputado Platiny Soares (DEM).


Mais de Acritica.com

20 Jan
trans_8C3DB8BB-BCF9-43E8-B068-3BED79D3DBF5.JPG

Mutirão retifica nomes e assegura identidade de travestis e transsexuais

20/01/2020 às 20:27

Como o procedimento feito diretamente no cartório não é tão simples (a lista de documentos exigidos é extensa) e nem sempre é barato (custa em média entre R$350 a R$ 400), a ação visa não somente facilitar a vida das pessoas transexuais que desejam alterar o nome e gênero de registro em sua documentação de nascimento, como também vai acompanhar e custear a certidão de tabelionato de protestos


Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.