Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
QUALIDADE

Navios da ‘temporada de cruzeiros’ são abastecidos pela Águas de Manaus

Enquanto ficam ancorados na capital amazonense, os transatlânticos estão sendo abastecidos com a água tratada que é fornecida pela concessionária que substituiu a Manaus Ambiental



navio_3AC0ECC7-97EC-42E9-94E8-99CC22ADE477.jpg Foto: Divulgação
01/01/2019 às 16:15

Desde o fim do mês de novembro, Manaus recebe navios turísticos de grande porte, no período que já ficou popularmente conhecido na cidade como a “temporada dos cruzeiros”. Enquanto ficam ancorados na capital amazonense, os transatlânticos estão sendo abastecidos com a água tratada que é fornecida pela concessionária Águas de Manaus, novo nome da Manaus Ambiental. 

Nos últimos meses, a empresa realizou reparos no sistema e ampliou a capacidade de abastecimento das embarcações que atracam no Roadway, o Porto de Manaus.

Agora, os turistas que aportam na capital amazonense recebem um serviço com a interligação das plataformas de distribuição que operaram de forma simultânea. São elas que levam a água tratada até os navios da temporada de cruzeiros 2018/2019.

A concessionária explica que o novo sistema de abastecimento é submerso e funciona a partir de uma plataforma fixa instalada na rede da rua. Ela é interligada ao Porto, onde estão atracados os navios, em uma extensão de aproximadamente 70 metros. Segundo a concessionária, a nova tubulação fez a pressão melhorar. Por conta disso, o tempo da operação para abastecer os navios foi reduzido. Após as obras, 36 mil litros de água por segundo são fornecidos para as embarcações.

A água servida pela empresa aos navios é a mesma que é fornecida para a população da capital e abastece 98% da cidade. Ela passa por um rígido controle de qualidade que vai desde a captação no Rio Negro, até o tratamento e distribuição.

Aproximadamente 30 mil análises na água são realizadas mensalmente pela concessionária, em um processo produtivo que envolve mais de 600 pontos de coletas.

Testes de qualidade

Antes de iniciar o abastecimento, as tripulações dos navios também realizam testes de qualidade na água fornecida pela Águas de Manaus. Técnicos da empresa também dão suporte ao processo. As embarcações costumam encher os seus tanques e chegam a comprar até um milhão de litros de água da cidade, antes de seguir viagem.

Para o diretor-presidente da Águas de Manaus, Renato Medicis, todos os cuidados foram tomados para a execução das obras no sistema de abastecimento dos navios, devido ao valor do patrimônio histórico do Porto de Manaus.

Segundo ele, a empresa optou por uma construção sem interferir na estrutura das plataformas seculares existentes no local. A qualidade na água oferecida aos turistas também foi destacada.

“Com a rede submersa, mantemos a harmonia do local, com melhorias significantes, tanto para o abastecimento, quanto para a garantia da qualidade de água servida no Porto de Manaus para os turistas, passageiros e tripulantes dos navios que desembarcam em nossa cidade nesta temporada”, ressaltou Renato Medicis. Oito navios já passaram pela capital amazonense desde o início da temporada de cruzeiros. Todos saíram da cidade abastecidos pela Águas de Manaus.

Turistas

De acordo com a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur), quinze navios de pequeno, médio e grande porte vão passar pela capital nesta temporada de cruzeiros, que prossegue até abril de 2019. Ainda conforme a Amazonastur, os navios devem trazer para a capital amazonense aproximadamente 18 mil turistas de diferentes nacionalidades, a maioria deles dos Estados Unidos, Inglaterra, Austrália e Canadá. A previsão é que os turistas movimentem em torno de US$ 4,45 milhões na economia local.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.