Publicidade
Manaus
Manaus

Necropsia em corpos encontrados na BR-174 aponta morte por arma de fogo

O exame de DNA foi realizado nos corpos pela perícia do IML e o resultado deve sair entre 20 e 30 dias, confirmando ou não se os mesmos são de foragidos do Ipat 15/07/2013 às 09:13
Show 1
A polícia não confirma se os cadáveres pertencem aos foragidos da rebelião que aconteceu na última terça-feira (9).
Bruna Souza Manaus, AM

Os laudos de necropsia realizados pelo Instituto Médico Legal (IML) nos quatro corpos encontrados no fim de semana nas proximidades da BR-174, que podem ser de foragidos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), confirmam que as vítimas foram mortas por ferimentos causados por arma de fogo. Coletas dos materiais genéticos foram retiradas dos corpos para a realização do exame de DNA que deve identificar os corpos. O resultado deve sair entre 20 e 30 dias.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil do Amazonas, o Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC) da Polícia Civil determinou a realização do exame de DNA para a identificação dos corpos devido ao avançado estado de decomposição. Até o momento nenhum familiar ou parente compareceu no IML para fazer o reconhecimento dos mortos.

A polícia não confirma se os cadáveres pertencem aos foragidos da rebelião que aconteceu na última terça-feira (9). Na ocasião, 176 detentos da unidade prisional configurando como a maior fuga registrada no sistema penitenciário do Estado. Até o fim da tarde de domingo (14), o último número divulgado informava que 97 foragidos haviam sido recapturados pela polícia e 79 continuavam foragidos.

Publicidade
Publicidade