Publicidade
Manaus
Manaus

No 2° dia de faixa exclusiva, população questiona presença de coletivos em toda a avenida

SMTU afirma ser impossível que todos os ônibus que circulam pela avenida Constantino Nery utilizem as plataformas do novo sistema. Apenas um novo modal, como monotrilho, metrô ou até mesmo o BRT, resolveria o problema. 'Faixa Azul' será levada a outras duas vias na próxima semana 20/02/2015 às 19:57
Show 1
Motoristas ficam presos em congestionamentos quilométricos enquanto poucos ônibus utilizam a faixa exclusiva. Via livre serve para outros tipos de veículos também
Perla Soares Manaus (AM)

No segundo dia de funcionamento da faixa exclusiva para o sistema BRS (Bus Rapid System) na avenida Constantino Nery, em Manaus, o questionamento de motoristas e da população era o porquê todos os ônibus não circularem apenas na faixa azul, à esquerda da via. Assim, segundo eles, os demais carros não dividiriam a duas pistas com outros coletivos, e o trânsito ficaria menos congestionado.

A justificativa para isso não ocorrer é dada pelo diretor-presidente da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), Pedro Carvalho. “Primeiro é que a pista onde está a faixa azul é insuficiente para todos os ônibus. Segundo, teria que existir uma outra tecnologia para atender essa situação. Então vou conversar com o Prefeito e afirmar que se todos os ônibus ficarem na esquerda, (isso) não funciona”, disse.

De acordo com ele, a cidade no momento precisa de uma maior tecnologia para o transporte. “Seria o caso de um monotrilho, mas mesmo assim as vigas iam tomar espaço (de outros veículos). A outra (opção) seria o metrô, porém nas duas a relação custo-benefício tem que ser aprovada, e ninguém vai aprovar um projeto desse”, frisou.


Segundo Carvalho, o BRS está ao mesmo tempo longe e perto do modal do BRT (Bus Rapid Transit) - se chegar a ser implementado um BRT, é possível que todos os ônibus sigam para a direita. “Com um sistema mais moderno, as linhas que chegam na (avenida) Constatino Nery, o passageiro vai migrar para aquele ônibus do  meio, o que não é o caso hoje. Eu não posso pegar uma linha que vem do  bairro do São Jorge e colocar ele na faixa azul, por que as linhas do São Jorge não contam com ônibus do articulados”, completou.

Ampliação

A Prefeitura anunciou, ainda, a implantação de novos corredores exclusivos de ônibus para as avenidas Mário Ypiranga e Umberto Calderaro, a partir da próxima quarta-feira (25). Nessas avenidas, a faixa para transporte coletivo será do lado direito. A fiscalização de trânsito nos novos corredores será iniciada no dia 10 de março, segundo o órgão.

Condutores de veículos leves só poderão circular dentro da faixa azul nos trechos próximos a cruzamentos, com necessidade de fazer conversão à direita. De acordo com o artigo 184 do Código de Trânsito Brasileiro, inciso 1°, circular na faixa ou pista da direita regulamentada como de circulação exclusiva para determinado tipo de veículo, é infração leve, com multa de R$ 53,20, com três pontos na Carteira de Habilitação.

Publicidade
Publicidade