Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020
ENERGIA

Normalização de equipamentos após apagão durou duas horas, diz Eletrobras

O tempo que levou para a energia ser normalizada foi maior, chegando a mais de quatro horas e meia. Fornecimento foi totalizado somente à 0h31 desta sexta-feira



PHOTO-2018-10-18-21-22-12_63F83DFE-999C-4781-8164-7392040280B4.jpg
19/10/2018 às 11:41

A normalização de um tronco de transmissão de 500kV do linhão Tucuruí- Manaus/Macapá, que causou o apagão geral registrado na capital do Amazonas e também no Amapá e no Pará, na noite desta quinta-feira, demorou quase duas horas. 

De acordo com a Eletrobras Distribuição Amazonas, às 19h54 ocorreu uma perturbação no Sistema Interligado Nacional (SIN), que provocou o desligamento do tronco de transmissão. A normalização dos equipamentos iniciou quatro minutos após a ocorrência, mas foi só foi concluída às 21h50. 



A concessionária informou, por meio de nota, que  o restabelecimento do fornecimento de energia iniciou às 20h54, e às 21h21, 50% da carga já havia sido restabelecida. Às 23h, segundo a Eletrobras, o sistema estava 95% recomposto, sendo totalizada em 100% às 00h31, normalizando assim o sistema em Manaus, Iranduba, Manacapuru e Presidente Figueiredo gradativamente. "Isso só foi possível devido ao posicionamento estratégico das equipes da Distribuidora, que permitiu o retorno do fornecimento de energia com segurança e qualidade em menor tempo", destaca a nota da empresa.

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.