Publicidade
Manaus
Manaus

Nova etapa da Ponta Negra é inspecionada por Artur Neto

A inspeção ocorrerá logo após a reabertura simbólica da praia perene. O prefeito de Manaus visitará canteiro de obras e serviços de segurança do local 10/04/2013 às 08:31
Show 1
Praia perene da Ponta Negra, interditada desde 22 de novembro, será reaberta à população a partir desta quinta-feira, às 6h
FLORÊNCIO MESQUITA ---

A segunda etapa do complexo de lazer Ponta Negra, na Zona Oeste, atualmente em obras, será vistoriada no final da tarde desta quarta-feira (10), pelo prefeito de Manaus, Artur Neto (PSDB). A intenção é ver o andamento da obra que deve ser entregue no dia 24 de dezembro, conforme determinação dele.

A inspeção ocorrerá logo após a reabertura simbólica da praia perene da Ponta Negra, interditada desde o dia 22 de novembro de 2012, depois do registro de 16 mortes por afogamento. O ato está previsto para as 17h.

Apesar da entrega, a praia só estará liberada para banhistas nesta quinta-feira (11), a partir das 6h. O prefeito também acompanhará a inspeção as placas de sinalização com proibições, cuidados e horário de funcionamento instaladas na praia desde o dia da assinatura do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). A vistoria também abrangerá os postos fixos para a o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu-192) recém instalados na praia. O objetivo é averiguar pela última vez antes da reabertura se a localização e visibilidade das áreas do corpo permanente de segurança estão adequadas.

A reabertura só ocorre porque o município atendeu as 13 cláusulas do TAC sugeridas pelo Ministério Público do Estado (MPE).  Segundo a prefeitura, todos os equipamentos que faltavam foram adquiridos. Até a última semana, a reabertura dependia apenas da compra de dois quadriciclos, binóculos e 10 rádios para a PM.

Conforme o Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb), a partir de amanhã, uma cartilha com as informações sobre o uso da praia e dicas de segurança será  distribuída à população que for ao balneário. O órgão que é o responsável pela administração do local não fez previsão do número de pessoas que visitarão a praia no próximo final de semana, mas destacou que a população tem motivo para comemorar a liberação do cartão postal natural da cidade.

A população só poderá usar a praia até as 17h. Após o limite, guardas municipais e policiais militares evacuação do local. Ao todo 26 PMs foram deslocados exclusivamente para atuar no policiamento na Ponta Negra. O Corpo de Bombeiros terá 20 homens na área da praia. O órgão ficará responsável por fazer o monitoramento diário do nível do rio Negro.

Publicidade
Publicidade