Sábado, 24 de Outubro de 2020
EDUCAÇÃO

Nova faculdade de engenharia em Manaus faz vestibular dia 9 de fevereiro

Famepi, que herda trajetória de excelência da Fundação Mathias Machline, vai oferecer 400 vagas nos cursos de Graduação em Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Engenharia de Computação



FAMEPI_DB8FE095-F2FE-4F8F-B406-570556340621.jpg
02/01/2020 às 10:54

Com 400 vagas abertas em quatro novos  cursos  de Engenharia em Manaus, a Famepi realiza seu primeiro vestibular no próximo dia 9 de fevereiro. As inscrições podem ser feitas pela internet, clicando no link.

A Famepi  traz  toda a trajetória de sucesso e excelência de ensino e infraestrutura da Fundação Matias Machline (FMM), referência no Brasil no Ensino Médio Técnico, e oferece vagas nos cursos de Engenharia de Produção, Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Engenharia de Computação.



A Famepi nasceu da observação e reflexão sobre as mudanças necessárias à formação do aluno de Ensino Superior e ao modelo em que o aluno assistia às aulas ministradas pelos professores.

Por isso, foi realizado um cuidadoso planejamento pedagógico com ênfase na Gestão da Aprendizagem, de modo que cada aluno saberá desde o começo quais objetivos que ele deverá alcançar em cada momento do curso, e todos trabalharão para isso, professores, gestores e times de projetos.

Estrutura e Metodologia

A metodologia da Famepi é integradora e acredita que o papel de uma Faculdade é orientar os caminhos para o aprendizado, proporcionando desenvolvimento e autonomia do próprio aluno na construção do conhecimento.

Com salas-estúdio e mais de 30 laboratórios, o novo formato de ensino propõe os mais diversos espaços para a realização de estudos contextualizados. É a maior estrutura de laboratórios da região para proporcionar a melhor experiencia de aprendizagem: unindo teoria e prática.

Inspirada nas melhores faculdades de tecnologia no mundo, a Famepi tem uma metodologia pedagógica completa, onde o aluno será inspirado a aprender e conviver.

Uma proposta inédita no Amazonas para formar profissionais com habilidades técnicas e comportamentais: o perfil mais buscado na atualidade.

Uma nova era de Engenheiros

Toda a preocupação em oferecer a melhor Formação não é em vão: no Brasil, a formação de novos engenheiros é sempre tema de discussões e críticas, principalmente, agora quando se espera um crescimento econômico em todo País. A Região Norte concentra menos de 10% do total de engenheiros do País e o Amazonas, mesmo com o Polo Industrial de Manaus (PIM), tem apenas 1,4% de engenheiros.

 Com a Indústria 4.0, cada vez mais o mercado tem exigido competências dos profissionais que apenas uma formação inovadora e de excelência pode dar. Preparar uma nova era de engenheiros para uma sociedade que está saindo de uma crise e se reinventa a cada dia é um desafio que exige visão e cuidado.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.