Publicidade
Manaus
Manaus

Novo horto da Lagoa do Japiim estará pronto até o final do ano

O horto será construído em uma área de aproximadamente um hectare, localizada na segunda etapa do Parque Lagoa do Japiim, próximo ao anfiteatro. Atualmente o espaço não é utilizado 26/01/2015 às 21:08
Show 1
No local onde funcionará o Horto Municipal fica o Parque Lagoa do Japiim, com espaço para caminhada, lanchonete, sorveteria, entre outros que também passarão por reformas para atender melhor os frequentadores do local
mariana lima ---

O Parque Lagoa do Japiim, na zona Sul, ganhará uma nova atração. O Horto Municipal, previsto para ficar pronto em dezembro deste ano, terá como função revitalizar o Parque e produzir mudas a serem distribuídas para a população manauense.

O horto será construído em uma área de aproximadamente um hectare, localizada na segunda etapa do Parque Lagoa do Japiim, próximo ao anfiteatro. Atualmente o espaço não é utilizado.

A estimativa é que o novo espaço ajude na arborização e no paisagismo urbano da cidade. Isso porque será ponto de distribuição de mudas de plantas para a população. A expectativa é que sejam produzidas 267 mil mudas por ano para serem distribuídas gratuitamente.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), órgão responsável pelo projeto, a criação do horto está em fase de elaboração do orçamento para dar início ao processo de licitação. A previsão é que as obras terminem antes do fim do ano para que em dezembro o espaço esteja funcionando.

Anteriormente o Horto Municipal funcionava na avenida André Araújo, no Aleixo. O espaço deu lugar ao “Parque Cidade da Criança”, inaugurada em dezembro de 2011.

Atualmente o horto funciona em um espaço improvisado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam), no Centro. O espaço, juntamente com os parques do Mindu e dos Bilhares são os atuais pontos de retirada de mudas, disponíveis gratuitamente para a população.

Parque

O Parque Lagoa do Japiim foi inaugurado em 2008 com o objetivo de ser o maior centro esportivo da Zona Sul. Hoje o espaço é timidamente visitado por moradores de bairros próximos que realizam caminhadas em volta da lagoa.

As lanchonetes e sorveteria que antes funcionavam agora estão desativadas. O mau cheiro causado pela poluição da lagoa é outro motivo que diminui o número de frequentadores do parque, que possui uma área total de 41 mil metros quadrados compostos por três prédios, um anfiteatro, uma área de convivência e o espaço para caminhadas e corridas em volta da lagoa.

Os prédios são utilizados para setores administrativos da Semmas, como funcionários de educação ambiental, além da própria gestão do parque. Essa área, segundo a Semmas, também passará por reformas neste ano.

Publicidade
Publicidade