Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
Manaus

Novos ‘apagões’ ainda são uma possibilidade em Manaus

Especialistas alertam que testes do ‘Linhão’ em Balbina podem ter causado o apagão de sexta-feira (12) na capital  



1.gif De acordo com informações da Eletrobras Amazonas Energia, o problema ocorreu na subestação do Coroado, Zona Leste
15/07/2013 às 08:23

As causas do apagão ocorrido em Manaus, Manacapuru e Iranduba na noite da sexta-feira ainda são um mistério. Mas a cidade corre o risco de sofrer novos apagões enquanto o período de testes do “Linhão do Tucuruí” estiver ocorrendo, segundo fontes ligadas à cúpula da Amazonas Energia ouvidas por A CRÍTICA.

Implantado de maneira experimental, o “Linhão de Tucuruí” é testado em Manaus desde a última terça-feira, mas fornece, no momento, apenas 100 megawatts (MW) de energia, segundo A CRÍTICA apurou. Por isso, a obra, orçada em cerca de R$ 3 bilhões, não foi capaz de suprir a demanda elétrica da capital e evitar o apagão na noite da última sexta-feira. Quando entrar em operação total, o “Linhão” terá capacidade fornecer até 1.300 MW.



Em nota divulgada na manhã de sábado, a Eletrobras Amazonas Energia informou apenas que houve uma falha na Subestação Manaus-1, localizada no bairro do Coroado, Zona Leste. A estação fornece 230 kilovolts (KV) de energia para a capital e região metropolitana.

Um problema do nível do que ocorreu sexta-feira dificilmente seria evitado se o Linhão estivesse atuando 100%, garantem especialistas. Apesar de influenciar diretamente na vida dos moradores de Manaus e dos municípios adjacentes, o período de testes do Linhão de Tucuruí ainda não foi comunicado oficialmente pela concessionária.

Efeito cascata

Conforme o apurado por A CRITICA, a direção da Eletrobras Amazonas Energia passou o sábado reunida tentando identificar o que fez a subestação Manaus-1 apresentar falhas.

O problema ocorreu por volta das 22h30 da sexta. O sistema de proteção chamado Erac (Esquema Regional de Alívio de Carga) entrou em ação no mesmo instante. O Erac faz cortes onde aconteceu o problema e o isola, ao mesmo tempo desliga outras subestações para evitar sobrecarga nelas. Como não havia onde encontrar energia suficiente para suprir a demanda no momento, todas as subestações foram desligadas.

O Operador Nacional do Sistema (ONS) deverá começar a investigar os problemas e elaborar um relatório sobre o blecaute nos próximos dias.

Explicações

O senador Eduardo Braga (PMDB), prometeu cobrar respostas do Ministério das Minas e Energia sobre o apagão da sexta-feira. Braga disse que tentou, sem sucesso, contato durante o final de semana com o diretor de geração, transmissão e operação da Eletrobras Amazonas Energia, Tarcísio Rosa. O governador do Estado, Omar Aziz e o prefeito de Manaus, Artur Neto, ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o apagão.

*Colaborou Rosiene Carvalho

Sem energia, também faltou água

A interrupção no fornecimento de energia elétrica que aconteceu na noite de sexta-feira deixou parte da população de Manaus, também, sem o abastecimento de água no final de semana.

De acordo com a concessionária Manaus Ambiental, a interrupção aconteceu após o apagão, que atingiu todas as unidades de produção, tratamento e distribuição de água, que ficaram com os serviços paralisados no período de 22h30 de sexta à 1h30 de sábado.

Por conta da falta de energia, o abastecimento em toda a cidade foi interrompido. As unidades de produção, tratamento e distribuição de água voltaram a funcionar automaticamente após o restabelecimento de energia e o abastecimento foi normalizado gradativamente, segundo informou a empresa.

Casos de falta de água que se prolonguem além do informado devem ser comunicados à empresa, que reiterou que os canais de comunicação da concessionária estão disponíveis 24 horas por dia para atendimento. Os telefones disponíveis são: SAC: 08000 – 920 – 195 (Demais Localidades) e (92) 3627-8360. Os usuários podem enviar email para o endereço eletrônico faleconosco@manausambiental.com.br.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.