Publicidade
Manaus
INVESTIMENTO

Novos projetos vão abrir 1,1 mil vagas de emprego na Zona Franca de Manaus

Conselho avalia nesta quarta-feira (29) pauta com projetos que preveem investimento de R$ 2 bilhões 28/08/2018 às 19:36 - Atualizado em 29/08/2018 às 07:04
Show pionner e388e57e 610e 4710 aa3c 9cf9b0514141
A Pioneer do Brasil vai fabricar na Zona Franca receptores de sinal digital combinados com PPS para uso em automóveis. Foto: Divulgação
acritica.com Manaus (AM)

O Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam) reúne-se, nesta quarta-feira (29), para deliberar sobre a implantação de 25 projetos industriais que somam R$ 2.057.584.272, maior pauta de investimento avaliada neste ano. A previsão de geração de empregos, a partir da implantação dos projetos relacionados na pauta da 275ª reunião do Codam é de 1.199 vagas, o maior volume de empregos registrado até o momento.

O encontro dos conselheiros acontece às 10h, no auditório da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplancti). A pauta da reunião está disponível na página  www.seplancti.am.gov.br.

Os destaques da pauta são os projetos da Flextronic Internacional Tecnologia para a fabricação de televisor em cores de tela de cristal líquido avaliados em R$ 106,15 milhões e o da Foxconn Moebg Indústria de Eletrônicos, que apresentou proposta para a produção de terminais sobre linhas de fibras ópticas com recursos de R$ 50,54 milhões. Com investimentos de R$ 4,88 milhões, a Moinho Cearense pretende fabricar farinha de trigo em Manaus.

Além disso, a Pionner do Brasil pretende investir R$ 3 milhões na produção de receptores de sinal digital combinado com GPS para em automóveis. Com o projeto, a empresa vai ampliar o número de empregados para 440 funcionários.

Indústria naval

Também merecem destaque  os projetos voltados para a indústria naval no Amazonas. A pauta do Codam contempla dois projetos nesse setor. A empresa Adiel Braga de Menezes vai investir R$ 1,9 milhão para fabricar embarcações de alumínio para transporte de pessoas e reboques para transporte de mercadorias. Já a empresa Indra Comércio de Máquinas e Motores vai investir R$ 3,9 milhões para fabricar embarcações na Zona Franca de Manaus. Também há projetos no setor químico, eletroeletrônico e de alimentos, como do Moinho Cearense, que vai beneficiar farinha de trigo.

A reunião anterior do Codam foi realizada em junho, quando foi aprovada uma pauta com recursos estimados em R$ 1,994 bilhão, em 26 projetos industriais que incluíam produção de  de motocicletas a equipamentos para transações comerciais e televisores. Em abril, o Codam aprovou pauta com investimentos de R$ 345 milhões, enquanto os recursos previstos na pauta da reunião ocorrida em fevereiro, somaram R$ 778 milhões.

Publicidade
Publicidade